>> Varejo

Makro Atacadista acelera digitalização com tecnologia de conectividade inteligente

Por: Redação, ⌚ 01/02/2022 às 17h36 - Atualizado em 01/02/2022 às 17h36

Rede varejista apostou em solução para fornecer conectividade, segurança e otimização de aplicações em mais de 40 unidades de negócios 


A Embratel anunciou um projeto com a rede Makro Atacadista, no qual prevê a implementação da solução SD-WAN (Rede Definida por Software), que fornece controle inteligente de conexões, conectividade segura e otimização nas aplicações.


A solução possibilita a formação de rede privada em Nuvem, com composição híbrida integrando acessos à Internet com redes MPLS tradicionais, para troca de informações ágeis entre as mais de 40 unidades de negócio em todo o Estado de São Paulo, entre Lojas, Centros de Distribuição, Postos de Combustíveis, Escritório Central, além de todo o suporte de conectividade do Home Office. 


“Implementamos um projeto com uma rede dinâmica completa para garantir qualidade, controle, segurança e maior produtividade, com equipe técnica e tecnologias que protegem a infraestrutura da empresa”, afirma Adriano Rosa, Diretor-Executivo da Embratel. 


A partir da parceria com a Embratel, a rede Makro Atacadista conta com uma solução capaz de reconhecer as diversas conexões à Internet utilizadas e direcionar o tráfego de acordo com a qualidade dos links e a prioridade do que é transmitido, seja voz, vídeo, dados, e-mails e outros. Dessa forma, o SD-WAN possibilita um aumento na velocidade da troca de informações e maior eficiência na empresa como um todo. 


Para fornecer estabilidade às conexões, maior performance e continuidade operacional, a rede Makro Atacadista conta atributos de proteção integrados ao SD-WAN. Equipamentos de Firewall foram colocados em todas as localidades da empresa em São Paulo, e são responsáveis por filtrar o fluxo de dados e bloquear conteúdos maliciosos.


Criptografia fim a fim do tráfego torna a troca de dados ainda mais segura. Além disso, indicadores de desempenho essenciais como latência, perda de pacotes e a disponibilidade são constantemente verificados para uma melhor conectividade. A solução ainda verifica e corrige, em tempo real, possíveis falhas na transmissão dos pacotes de dados. 


A rede Makro Atacadista conta também com o apoio do Centro de Operações de Rede (NOC) e do Centro de Operações de Segurança (SOC) da Embratel. Com o uso de Análise de Comportamento, Inteligência Artificial e Cognitiva, além de Machine Learning, o SOC, por exemplo, identifica riscos à infraestrutura digital do cliente. Caso alguma ameaça seja detectada, a Embratel coloca em prática medidas para bloquear acessos indevidos aos sistemas. 


“O projeto desenvolvido possibilita uma redução de custos, pois não precisamos investir em equipamentos ou em especialistas adicionais para o suporte tecnológico, pois a própria Embratel nos fornece todo esse atendimento especializado”, diz Osni Jr., Gerente de TI do Makro Atacadista. 

>> Panorama