>> Varejo

Magalu faz sua quinta aquisição no ano com a startup Stoq

Por: Redação, ⌚ 24/08/2020 às 18h54 - Atualizado em 24/08/2020 às 18h56

Companhia enriquece a integração de canais de vendas, consolidando-se como sistema operacional do varejo brasileiro. Startup vai permitir que parceiros aceitem Magalu Pay em suas lojas físicas


O Magalu anunciou, nesta segunda-feira, a aquisição da startup Stoq, que chega para, entre outras coisas, oferecer ferramentas de atendimento intuitivo para pequenos e médios varejistas. A startup tem sede em São Carlos e, agora, passa a integrar o Luizalabs. Esta é a quinta aquisição tecnológica do Magalu no ano – a empresa já adquiriu, em 2020, a livreira Estante Virtual, a startup Hubsales, a plataforma de geolocalização da Inloco Media e o portal Canaltech.


Com a aquisição, a Stoq passa a integrar o Magalu as a Service (MaaS) e oferecer ferramentas para complementar o Parceiro Magalu, levando digitalização para as lojas físicas desses pequenos e médios negócios. A startup vai possibilitar, por exemplo, que pequenos varejos e prestadores de serviço aceitem em suas lojas físicas pagamentos com a carteira digital do Magalu, o Magalu Pay.


Além disso, a Stoq permite que o Magalu passe a digitalizar empresas de diferentes categorias com sua plataforma, como restaurantes, estabelecimentos de saúde e beleza e supermercados.


Em 2019, o Magalu fez uma oferta de ações, com a qual aumentou o caixa em R$ 4,2 bilhões. Com isso, vem fazendo aquisições estratégicas para fortalecer sua plataforma multicanal de vendas dentro de seus pilares: Magalu ao seu Serviço, entrega mais rápida, novas categorias, superapp e crescimento exponencia.

>> Panorama