>> Varejo

Confira as tecnologias que transformam pontos de venda em operações inteligentes

Por: Redação, ⌚ 27/01/2022 às 15h13 - Atualizado em 27/01/2022 às 15h13

Simulação virtual mostra as tecnologias disponíveis que transformam um ponto de venda comum em uma loja do futuro


Nos últimos anos, o setor de varejo tem implantado soluções tecnológicas que reduzem os gargalos de checkout, ajudam vendedores a localizarem e contarem mercadorias e, no geral, deixam o cliente mais satisfeito e fidelizado. São tecnologias como computadores móveis, scanners, impressoras e software que possibilitam operações conectadas e inteligentes. A Zebra Technologies criou uma simulação virtual que mostra as tecnologias disponíveis que transformam um ponto de venda comum em uma loja do futuro.


“Nossa simulação traz uma loja de departamentos completamente conectada e eficiente, que muitos poderiam chamar de loja do futuro. No entanto, todas as tecnologias que fazem desse ponto de venda inovador já estão disponíveis e podem ser adaptadas para todos os tipos e tamanhos de operação, possibilitando que qualquer negócio atinja a maturidade tecnológica”, explica o vice-presidente de vendas da Zebra no Brasil, Vanderlei Ferreira.


Confira as principais soluções presentes em cada parte da loja:


Tecnologia RFID no provador


Com soluções de identificação por radiofrequência (RFID), os colaboradores podem verificar a disponibilidade de peças sem sair da área do provador, minimizando o seu deslocamento pela loja e garantindo que atenção total ao cliente.


Quiosques interativos


Pela loja, são instalados quiosques interativos de autoatendimento para evitar longas filas ou vendedores sobrecarregados. Uma tela sensível ao toque permite que o cliente resolva seus problemas sozinho, como localização e disponibilidade de produtos, reduzindo o tempo na loja e melhorando a experiência.


Scanners que dão independência


Clientes que querem pagar sem interagir com atendentes podem usar caixas de autoatendimento com scanners que registram as compras. O pagamento é feito ali mesmo, garantindo rapidez e praticidade.  


Robôs que controlam o estoque


Robôs como o SmartSight escaneiam as prateleiras e alertam os gerentes quando um item precisa ser reabastecido, precificado ou movido para outro local. Eles garantem que a loja esteja sempre organizada e com as prateleiras e araras completas, liberando os vendedores para darem mais atenção aos clientes.


Comunicação em tempo real e otimização de tarefas


Para que a operação flua com sucesso, é necessário manter uma comunicação constante entre os colaboradores, assim todos têm conhecimento sobre suas tarefas, que foram distribuídas e organizadas levando em consideração um volume de trabalho adequado. Com um software de comunicação personalizado como o Workforce Connect e com um software de gerenciamento de tarefas como Reflexis Real-Time Task Manager, eles podem monitorar e analisar dados em tempo real em todas as lojas e garantir que sua lista de pendências esteja sempre atualizada, recebendo notificações em tempo real quando novas tarefas de alta prioridade são criadas.


“O setor de varejo está mudando em ritmo acelerado e a necessidade de modernização chegará mais cedo ou mais tarde até mesmo às pequenas empresas, portanto, aprender e entender sobre as soluções tecnológicas disponíveis no mercado se transforma em uma vantagem competitiva. Os clientes buscam experiências cada vez melhores, e a tecnologia é uma aliada nesse processo, tornando-se primordial”, reflete Ferreira.

>> Panorama