>> Varejo

73% dos consumidores utilizam internet como meio de pesquisa antes de comprar

Por: Redação, ⌚ 26/11/2021 às 09h32 - Atualizado em 26/11/2021 às 09h32

Levantamento mostra que 92% dos consumidores fazem compras de supermercado de forma planejada (compras de reposição)


As compras de supermercado estão inseridas na realidade do brasileiro, facilitam sua rotina e trazem conveniência e qualidade. Cada vez mais o consumidor brasileiro está habituado com as compras online, mas a pergunta que fica é: será que o mercado brasileiro está preparado para essa evolução do consumidor? A empresa que estiver em todos os canais será mais relevante na jornada de compra do consumidor omnichannel e terá mais oportunidades de relacionamento e vendas.


De acordo com o estudo “Jornada de Compra do Consumidor Omnichannel”, desenvolvido pela Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC) em parceria com o Instituto Qualibest, 88% dos entrevistados costumam pesquisar antes de comprar algo no supermercado; Desses, 73% dos consumidores que pesquisam antes de comprar em supermercados, já utilizam a internet como meio principal: 41% das pesquisas são feitas em sites de busca, seguido por 17% em Marketplaces, 15% em Redes Sociais. E apenas 20% pesquisam indo direto às lojas físicas.


Em relação às compras de supermercado, 92% dos consumidores o fazem de forma planejada (compras de reposição). Ainda assim, 30% preferem ir à loja que precisam, mas em um local que tenha outras opções de lojas (shopping centers, ruas de comércio, galerias etc.), o que leva a uma possível compra por impulso. E quando a compra de supermercado é feita por impulso (8%), o principal gatilho são as promoções (57%). “Os números mostram que o consumidor, mesmo em compras planejadas, busca conveniência e pode estar aberto a compras por impulso”, afirma Eduardo Terra, presidente da SBVC.


“Saber reconhecer esses gatilhos de compra é importante para aumentar o tíquete médio e entregar uma experiência mais relevante para os clientes”, acrescenta.


Quando a compra de supermercado é online principal meio utilizado são aplicativos da própria loja/ marca (49%). Em seguida, aplicativos de entrega, que possuem igual relevância (48%). Em terceiro, Marketplaces (42%) também é uma das plataformas mais utilizadas pelos consumidores.


O estudo ainda aponta que, embora a compra online de supermercado (16% compra semanalmente via smartphone) já faça parte da rotina dos consumidores, sua frequência ainda é bem menor do que nas lojas físicas (59% semanalmente) e apresenta características de compra diferentes.


As três principais categorias de produtos adquiridas em lojas físicas são Frutas/Legumes/Verduras (77%), Proteína animal (76%) e Alimentos básicos (76%), enquanto na loja online são Alimentos básicos (58%), Produtos de limpeza (58%) e Itens de mercearia (52%).


Já a forma de pagamento é semelhante, tanto nas lojas físicas quanto no online: cartão de crédito (42% e 63%) é o meio mais utilizado. O Pix já aparece com relevância de 10% no online e 5% nas lojas físicas. “As compras online cumprem uma jornada de abastecimento de itens com um componente emocional menor. O consumidor continua preferindo ir à loja para comprar frutas, carnes e outros produtos em que a aparência é importante na decisão de compra”, analisa Terra.

>> Panorama