>> Serviços

Uberlândia Esporte Clube aposta em tecnologia para ter mais transparência na gestão

Por: Redação, ⌚ 30/03/2022 às 10h52 - Atualizado em 30/03/2022 às 10h53

Time de futebol mineiro investirá em tecnologia para reduzir custos e agilizar tomada de decisões criando condições para buscarem novos investimentos 


O Uberlândia Esporte Clube (UEC), agremiação esportiva da cidade de Uberlândia (MG), elegeu o sistema de gestão da Sankhya para evoluir a gestão do clube, trazendo as melhores práticas da Administração, o que garante mais transparência nos processos e destaca o time no cenário nacional possibilitando firmar novas parcerias e trazer mais oportunidades de investimentos, além de reduzir custos e melhorar a tomada de decisões. A diretoria espera conseguir processos mais ágeis, criando uma cultura de gestão baseada em indicadores que refletem a situação do clube em tempo real. 


Segundo Rênio Garcia, Presidente do Uberlândia Esporte Clube, a adoção do ERP da Sankhya será um divisor de águas na história do clube. “Apesar de todo o cuidado que sempre dedicamos à gestão, a falta de uma solução de gestão completa faz com que você tenha que ficar apagando incêndios o tempo todo, principalmente no meio do futebol que, infelizmente, ainda é muito informal na sua forma de gerir a área administrativa. Antes da Sankhya, por exemplo, todos os nossos processos eram manuais. Diante dessa realidade, decidimos que era o momento de investir em uma solução que, além de toda a qualidade já reconhecida pelo mercado, também nos desse liberdade para evoluir da melhor forma”, declarou.  


O dirigente, que tem vasta experiência profissional e trabalhou num dos principais grupos atacadistas do país antes de assumir a presidência do clube, já conhecia a solução da Sankhya e os inúmeros benefícios que a tecnologia proporciona à gestão das empresas.


Segundo ele, a expectativa é que o ERP proporcione inúmeras vantagens, principalmente no setor fiscal, que terá uma rotina mais dinâmica e automatizada. “A solução vai proporcionar mais modernidade, transparência e automação, tanto na integração total entre as áreas do UEC quanto na customização dos processos com análises mais precisas, que ajudarão a identificar os principais gargalos de gestão”, explica.  


O presidente aposta que a implementação trará ainda outros benefícios. “A partir do momento que o mercado souber da modernização da gestão do Uberlândia Esporte Clube, acredito que, naturalmente, a credibilidade da instituição deverá aumentar ainda mais perante os patrocinadores e possíveis investidores”.  


Na opinião do dirigente, a implantação da solução ERP, que deve ser concluída no primeiro semestre de 2022, ainda deve trazer aumento da performance da equipe – composta por mais de 70 colaboradores ao todo -, melhora no controle organizacional, maior assertividade na tomada de decisão, redução de custos administrativos, entre outros. “As partes financeira e contábil serão as mais impactadas, no entanto, todas as demais decisões deixarão de ser de cunho pessoal para ser fundamentada em dados disponíveis em tempo real na palma da minha mão, já que a solução permite o acesso via mobile”. 


Para Rênio Garcia, a parceria com a Sankhya será essencial para o futuro do UEC. “O fato de termos essa iniciativa e encontrar um parceiro que pudesse suprir todas as nossas demandas foi essencial para fazer esse projeto decolar e ser bem aceito por todos os nossos colaboradores, que poderão acompanhar todas as etapas da nossa evolução por meio de indicadores e painéis de gestão que entregam resultados precisos. A sinergia entre nós e o time da Sankhya também tem se mostrado fundamental para que possamos continuar nos desenvolvendo, com as melhores práticas e soluções para o dia a dia do clube”, finaliza.  


Para Marcelo Andrade, Diretor Executivo da Unidade de Negócios da Sankhya no Triângulo Mineiro, a implantação do projeto auxiliará seus dirigentes a construir uma nova etapa no UEC, que prioriza a governança e a transparência em todas as ações. “Encaremos a parceria como uma oportunidade de contribuir efetivamente com a reestruturação pela qual o UEC está passando. O time é um patrimônio da cidade e está próximo de completar seus 100 anos de fundação”. 

>> Panorama