>> Serviços

Telefônica aposta em solução para migrar sistema de cobrança online

Por: Redação, ⌚ 15/01/2021 às 12h57 - Atualizado em 15/01/2021 às 12h57

O projeto prevê a construção de oito nuvens privadas, distribuídas geograficamente para atender aos clientes da Telefônica no país


A Canonical anunciou que a solução Charmed OpenStack foi selecionada pela Telefonica Brasil para apoiar a empresa na migração de seu sistema de cobrança online (OCS) para sua nuvem privada, a Unica Next. O projeto prevê a construção de oito nuvens privadas, distribuídas geograficamente para atender aos clientes da Telefônica no país. A fase inicial do projeto foi lançada com sucesso no início de agosto de 2020. Esta é a primeira vez que uma empresa da região faz esse tipo de migração.


Com 76 milhões de assinantes móveis, a Telefonica usa o sistema de cobrança online para oferecer a clientes B2C e B2B visibilidade e controle em tempo real de seu consumo de dados e de minutos de chamada de voz.


Ao invés de selecionar um ambiente virtualizado convencional, a Telefônica optou pelo Charmed OpenStack visando escalabilidade futura, o que permite um planejamento de longo prazo. Com novas tendências de mercado emergindo, como o 5G, a migração dará à Telefonica agilidade para desenvolver novos recursos em escala, se adiantando às demandas do cliente ao ofertar serviços mais avançados.


“A migração de nosso aplicativo OCS para a nuvem nos dará a estrutura e a agilidade que precisamos para oferecer as melhores soluções para nossos clientes de maneira consistente”, comentou o chefe de plataformas pré-pagas e OCS da Telefonica Brasil, Flavio Matiello.


Como o OCS requer grande proximidade com a rede, as nuvens serão distribuídas geograficamente pelo Brasil. Essa arquitetura fornece a baixa latência necessária para atender às necessidades da ampla base de clientes da Telefônica e foi um fator-chave na seleção de uma infraestrutura de nuvem privada.


“Há uma tendência crescente de adoção da OpenStack por empresas de telecomunicações e estamos entusiasmados para ver quais outros serviços baseados em nuvem o setor conseguirá oferecer com base na ferramenta”, comenta o VP de Engenharia de Campo da Canonical, Nicholas Dimotakis.


Além de ser construída na Charmed OpenStack, a nuvem OCS da Telefônica utilizará as ferramentas de código aberto da Canonical para automatizar a implantação e as operações de sua infraestrutura. A empresa se beneficiará também da oferta Managed OpenStack, que oferece manutenção e suportes contínuos.


“A Canonical tem sido um importante membro da comunidade, tornando o OpenStack um dos softwares de infraestrutura aberta mais adotados pela área de telecomunicações em mercados emergentes”, comenta o COO da Open Infrastructure Foundation, Mark Collier.

>> Panorama