>> Mercado

Para 57% dos executivos brasileiros, a inovação é um pilar da estratégia corporativa

Por: Redação, ⌚ 19/05/2022 às 17h07 - Atualizado em 19/05/2022 às 17h07

Estudo também mostra que 33% das organizações brasileiras e 13% das hispano-americanas participam de hubs de inovação visando aproximação com startups


A Internet das Coisas (IoT) apresenta elevado nível de sinergia com o avanço do tema de inovação nas empresas, uma vez que o desenvolvimento de soluções depende de abordagens não triviais. Segundo o estudo IoT Snapshot, desenvolvido pela Logicalis, para 57% das companhias brasileiras e 42% das hispano-americanas inovação é um pilar estratégico.


O material – elaborado a partir de entrevistas realizadas entre agosto e setembro de 2021, com 255 executivos – mostra que 33% das organizações brasileiras e 13% das hispano-americanas participam de hubs de inovação, visando aproximação com startups. 


De acordo com Yassuki Takano, diretor de Consulting Services na Logicalis, o tema vem ganhando destaque na percepção dos executivos em relação à estratégia corporativa. “Durante o desenvolvimento desta edição do IoT Snapshot, percebemos que a tecnologia não tem apenas o potencial para apresentar soluções para os desafios atuais durante esta crise, mas também a capacidade de transformar e resolver velhos problemas nos mais diversos setores do mercado”, comenta.


Tanto no Brasil quanto na América Hispânica, cerca de 30% das empresas contam com processos internos focados em inovação ou orçamento dedicado à área. Apesar disso, apenas 18% das empresas brasileiras e 22% das hispano-americanas incluem o tema de inovação dentro de seus programas de capacitação, o que pode revelar que as empresas ainda têm poucas ações estruturadas ou apresentam ações de abrangência restrita sobre o tema.


“Acreditamos que ter práticas de inovação desenvolvidas pode ser benéfico para o avanço de IoT, porém, ainda existe um longo caminho a ser percorrido em termos de ações estruturadas para a implantação do tema dentro das companhias”, finaliza Takano.


Em sua quinta edição, o estudo IoT Snapshot investigou o mercado latino-americano para traçar um retrato da maturidade em relação à adoção de soluções de internet das coisas (IoT). Assim como nos anos anteriores, além do Brasil, o estudo abrange mais quatro países da América Latina para trazer uma visão regional sobre a tecnologia, sendo eles Argentina, Chile, Colômbia e México.


A pesquisa envolveu a realização de entrevistas, entre agosto e setembro de 2021, com 255 executivos, sendo divididos da seguinte forma: Brasil (133), Colômbia (40), México (29), Argentina (23) e Chile (30). Além disso, outros 10 executivos de diversos segmentos foram entrevistados em profundidade, em uma abordagem qualitativa.

>> Panorama