>> Mercado

Angola Cables inaugura dois novos PoPs no RJ e em SP

Por: Redação, ⌚ 23/10/2020 às 13h47 - Atualizado em 23/10/2020 às 14h26

Com este movimento, a multinacional amplia sua presença nas regiões de maior demanda de tráfego de internet


A Angola Cables acaba de realizar um de seus grandes movimentos de expansão de atividades no Brasil, ao inaugurar, dois novos Pontos de Presença (PoPs) nas duas maiores regiões de geração de tráfego de internet do país: São Paulo e Rio de Janeiro.


Com isso, a empresa angolana que opera os cabos submarinos de fibra óptica SACS (Brasil/África), Monet (Brasil/EUA) e Wacs (África/Europa), Data Centers em Fortaleza e Luanda, além de 32 PoPs em 20 países de 3 continentes, passa a oferecer um dos portfólios de serviços de conexão mais completos do segmento, e uma cobertura moderna e de alta dimensão, que liga o Brasil diretamente aos ecossistemas internacionais mais relevantes.


A inauguração do PoP no Rio de Janeiro, que é próprio, completa a “última milha”, podendo beneficiar mais de 500 ISPs locais, que poderão trafegar dados pelas redes da Angola Cables com as menores latências disponíveis, ser acessados por clientes e usuários internacionais via IX, além de se conectar por meio de peerings brasileiros com alta eficiência.


“O PoP do Rio de Janeiro confirma a expansão da Angola Cables no sudeste do Brasil, atendendo sobretudo aos grandes provedores e operadores regionais, que precisam de diferenciais competitivos, como baixas latências, elevado grau de segurança e suporte de conexão a outros PoPs no Brasil e ao redor do mundo”, explica Ângelo Gama, CTO da Angola Cables.


Terceiro PoP em São Paulo


Em parceria com a Ascenty, a Angola Cables também está inaugurando seu terceiro Ponto de Presença (PoP) na região mais desenvolvida do país, com o objetivo primeiro de satisfazer a demanda de conectividade dos clientes dos serviços gerenciados pela Ascenty que assim podem usar a rede Angola Cables de ultra baixa latência para ampliar a sua capacidade e aumentar a conectividade entre redes e ecossistemas digitais do Brasil com os demais continentes.


Este novo PoP ficará alocado em um Data Center Tier III da Ascenty em São Paulo e além de permitir que a Angola Cables acesse outros Data Centers fora do Brasil, como nos EUA, estará diretamente conectado ao PoP de Nova Iorque, atualmente em fase de construção.


A multinacional angolana também vai operar como um Prime de Transporte Internacional para a Ascenty – inclusive via cabo submarino de fibra óptica.


“Com a capacidade de colocation da Ascenty e nossas soluções de conectividade em baixa latência, esperamos ganhos para ambos os lados, atingindo mais provedoras e operadoras por meio da inauguração deste novo PoP. Queremos também atingir clientes corporativos, provedores de conteúdos, bancos e indústrias que precisarão cada vez mais de infraestrutura de Telecom de qualidade, que hoje estão nos Data Centers da Ascenty e que precisam de acesso premium à internet, por meio de uma rede segura, robusta e de baixa latência”, explica Ângelo Gama, CTO da Angola Cables.

>> Panorama