>> Mercado

81% dos trabalhadores consideram retorno ao trabalho presencial boa ou melhor que o esperado

Por: Redação, ⌚ 14/04/2022 às 11h46 - Atualizado em 14/04/2022 às 11h47

Pesquisa realizada em nove países, incluindo o Brasil, mostra que os trabalhadores ao voltarem para escritório estão mais exigentes com relação à limpeza e alimentação


A pandemia completa pouco mais de dois anos no País, e hoje com o aumento da vacinação e estabilização dos casos da Covid-19, muitas empresas já fazem adaptações na forma de trabalho de seus colaboradores. Algumas optam por manter a jornada 100% remota, outras oferecem a opção híbrida, ou então, realizam ajustes para que os funcionários possam voltar ao trabalho totalmente presencial.


Da grande parcela que voltou aos escritórios, seja de forma parcial ou total, 81% dos trabalhadores consideram a experiência boa ou melhor do que o esperado. Os dados são do recorte Brasil da pesquisa realizada pela Sodexo e conduzida pela Harris Interactive em nove países.


Em território brasileiro, o levantamento mostrou que os colaboradores esperam padrões de segurança e higiene mais elevados. 98% dos respondentes aguardam desinfecção de áreas comuns várias vezes ao dia, 78% destacam ainda a qualidade do ar como condição importante para o retorno e 57% esperam que seja melhor do que antes. Além disso, 97% das pessoas consideram necessário disponibilizar opções que contribuem para maior segurança e saúde das pessoas como o dispenser de álcool gel na entrada dos ambientes.


No quesito alimentação no trabalho, os funcionários esperam das empresas variedade, com opções acessíveis nos restaurantes, delivery, ingredientes locais e de boa qualidade. Quando questionados sobre quais as medidas importantes para que se sentissem seguros ao almoçar no trabalho, 98% responderam que esperam a sanitização das superfícies como mesas e cadeiras e o distanciamento social com espaçamento. A mesma porcentagem também considera importante manter os equipamentos de copa e máquinas de café limpos a cada uso. A utilização de dispenser de álcool gel em restaurantes também foi citada como essencial por 97% dos entrevistados e 96% gostariam de ter talheres embrulhados e alimentos não expostos no buffet.


“Algumas empresas já retornaram, outras ainda estão no processo, mas o que se criou foi uma grande expectativa quanto ao sentimento do colaborador ao regresso para o escritório. Aquela incerteza do que encontrar, diante dessa montanha russa de sentimentos e emoções que a pandemia nos trouxe. O resultado foi além daquilo que imaginávamos, a grande maioria dos que voltaram está satisfeita, mesmo apresentando novas preocupações com limpeza e alimentação”, comenta Tomaz Henrique Peeters, diretor de Marketing, Estratégia e Relacionamento com Clientes de Serviços Corporativos da Sodexo On-site Brasil.


O executivo avalia que os números mostram essa mudança de comportamento dos brasileiros e, o que muitas vezes passava desapercebido, agora se tornar essencial. “As empresas precisam estar atentas a isso. Os serviços de facilities como sanitização constante dos ambientes e limpeza do ar-condicionado, cresceram muito no mercado e devem estar cada vez mais integrados com outras áreas estratégicas como RH e TI, por exemplo, pois passam a ser um viabilizador de toda a estratégia de retorno aos escritórios”, conclui Tomaz.


Metodologia da pesquisa


A pesquisa Brazil Focus foi encomendada pela Sodexo, líder em serviços de qualidade de vida, e conduzida pela Harris Interactive em nove países: EUA, Inglaterra, Espanha, Itália, França, Austrália, Alemanha, China e Brasil. Ao total, foram entrevistadas 4.800 pessoas.


Brasil


Foram entrevistados 600 adultos inseridos no mercado trabalho local em junho de 2021. Os resultados trazem aprendizados que indicam comportamento social e respostas às demandas atuais da sociedade.

>> Panorama