>> Mercado

66% das empresas reformularam infraestrutura para o trabalho remoto

Por: Redação, ⌚ 20/05/2021 às 16h23 - Atualizado em 20/05/2021 às 16h24

Estudo revela mudanças nos padrões de trabalho que provocam aumento no investimento em infraestrutura digital


A Equinix anunciou hoje as conclusões de seu estudo global anual com as visões dos tomadores de decisão de TI sobre as maiores tendências tecnológicas que afetam as empresas em todo o mundo e o impacto da pandemia da COVID-19 nos planos de infraestrutura digital.


Pesquisando 2.600 tomadores de decisão de TI em diversas empresas em 26 países das Américas, Ásia-Pacífico e EMEA, o estudo revela que no Brasil:


66% das empresas reformularam sua infraestrutura de TI para atender às novas exigências de trabalho remoto e híbrido, com aumento dos orçamentos em tecnologia para acelerar a transformação digital.


65% dos líderes digitais no Brasil acreditam que haverá mudanças no longo prazo em relação a onde e como as pessoas trabalham dentro de sua organização.


Transformação digital no futuro pós-pandemia


A digitalização e o investimento empresarial em infraestrutura digital aumentaram como resultado da COVID-19. 59% dos líderes digitais pesquisados no Brasil disseram ter acelerado os planos de transformação digital por causa da pandemia, enquanto 54% disseram que seus orçamentos foram ampliados para satisfazer o rápido crescimento das exigências digitais. Esses números são significativamente superiores às médias globais de 47% e 42%, respectivamente.


Houve também uma grande revisão das estratégias de TI para enfrentar os desafios emergentes da pandemia. Sete em cada dez disseram ter revisado sua estratégia de TI como resultado da COVID-19, ao passo que 69% disseram que querem investir em tecnologia para serem mais ágeis no pós-pandemia.


Questionados sobre as prioridades para a estratégia digital de sua organização, 91% dos entrevistados relataram que digitalizar sua infraestrutura de TI era uma prioridade máxima, e 68% disseram que veem a interconexão como um dos principais facilitadores da transformação digital.


Utilizando a interconexão para obter sucesso


• 81% dos líderes de TI disseram acreditar que a interconexão − a troca direta e privada de dados entre as organizações − os ajudará a navegar pelos desafios que enfrentam devido à COVID-19.


• 68% dos líderes no país afirmaram que a interconexão é fundamental para a sobrevivência de sua organização, percentual acima da média global de 50%.


“Os líderes de todo o mundo estão mais focados do que nunca em digitalizar suas organizações para responder aos desafios criados pela COVID-19. Este estudo reafirma que a interconexão está no centro dessas transformações. Nas Américas, quase três quartos dos líderes digitais acreditam que a interconexão ajudará a navegar em meio aos desafios enfrentados como resultado da pandemia, confirmando que a interconexão se tornou crítica para os negócios de muitas empresas e continuará sendo assim, à medida que nos recuperarmos após esta crise global”, diz Jon Lin, presidente para as Américas da Equinix.


Eduardo Carvalho, presidente da Equinix no Brasil, afirma que a transformação digital é um processo sem retorno, que ocorrerá em uma velocidade cada vez maior, impondo desafios frequentes às empresas.


“A pesquisa mostra que os líderes no Brasil tiveram de acelerar os investimentos em infraestrutura digital acima da média global para manter os negócios funcionando. Estamos vendo esse processo na Equinix, mas também, como clientes, acompanhamos as mudanças que ocorrem em setores que vão de aplicativos de entrega de alimentos a telemedicina”.

>> Panorama