>> Indústria

Votorantim Cimentos adota nova prática ESG com plataforma

Por: Redação, ⌚ 01/07/2021 às 17h05 - Atualizado em 01/07/2021 às 17h05

Ferramenta vai definir os critérios e minorias que devem ser priorizadas nos processos de compra da companhia para ampliar a base de fornecedores


A Votorantim Cimentos está atualizando a sua base de fornecedores cadastrados para ampliar a sua visibilidade sobre a conformidade dos seus parceiros em relação a práticas ambientais e sociais por meio da plataforma SAP Ariba, sistema que a empresa utiliza desde 2017. O levantamento chamado de Censo de Fornecedores tem o objetivo de definir os critérios e minorias que devem ser priorizadas nos processos de compra da companhia para ampliar a base de fornecedores com impacto social.


O Censo de Fornecedores está sendo realizado via Ariba SIPM no momento da homologação e re-homologação, que é quando os parceiros são convidados a preencher uma pesquisa sobre sua atuação em Sustentabilidade.


Nas perguntas são abordados temas como gênero e raça dos 5 principais executivos e da liderança da empresa, contratação de pessoas com deficiência e atuação no desenvolvimento da comunidade local, seja por meio de contratação de funcionários ou por investimentos sociais, para identificar o perfil de atuação dos fornecedores e ampliar o impacto social da empresa. A Votorantim Cimentos já utiliza critérios de sustentabilidade em suas decisões de compras e a tendência é que esse processo fique ainda mais transparente e produtivo com a conclusão do Censo.


“Já utilizamos o Ariba Sourcing para a definição de fornecedores de todas as nossas compras. Nas definições dos produtos e serviços que adquirimos através do Ariba Sourcing também é possível definir as exigências ou adicionais sustentáveis. Essa pontuação é levada em conta na hora da nossa decisão de compra e pode se sobrepor ao critério de menor preço para algumas categorias de produtos”, explica Henrique Carvalho, gerente geral de Suprimentos da Votorantim Cimentos.


O executivo explica que com esse processo de definição dos pesos referente a cada item na pontuação é possível priorizar o impacto dos parceiros da companhia, como contratação de empresas que tenham mulheres na liderança ou daquelas que compensam suas emissões de carbono. Essa análise é feita antes da abertura da proposta financeira do fornecedor, assim, priorizando os critérios de Sustentabilidade na tomada de decisão.


Segundo Carvalho, a iniciativa faz parte do Programa Suprimentos Sustentável, iniciado em 2020, que busca adequar as práticas de compras da Votorantim Cimentos para garantir que nenhum fornecedor descumpra a legislação ou as normas de compliance da empresa. Ao mesmo tempo, o programa impulsiona benefícios socioambientais para a empresa pela área de Suprimentos, por exemplo, gerando renda nas localidades que a empresa atua; reduzindo a pegada de carbono na cadeia de suprimentos e o aumentando a diversidade e inclusão no perfil dos fornecedores da companhia.


Ao realizar o processo de cadastro, os fornecedores devem aceitar o Termo de Condições Gerais da Votorantim Cimentos. Caso seja identificado indícios de má conduta, o fornecedor é desmobilizado e bloqueado para evitar futuras contratações.


“A gestão da cadeia de suprimentos é um fator chave na agenda ESG e a definição de KPIs e indicadores de contratação e de acompanhamento dos contratos é muito importante para garantir além dos resultados de negócios, os impactos cada vez mais esperados pela sociedade de empresas deste porte”, explica Silvio Abade, vice-presidente da SAP Ariba no Brasil.

>> Panorama