>> Indústria

Comerc garante mais segurança, agilidade e inovação com apoio

Por: Redação, ⌚ 22/01/2021 às 16h42 - Atualizado em 22/01/2021 às 17h03

Com o tecnologia, colaboradores e clientes passaram a ter mais tranquilidade quanto à disponibilidade e segurança de informações e dados armazenados


A Comerc Energia investiu em tecnologia em busca de mais disponibilidade, redução de custos, segurança e maior controle da operação. Com esse objetivo, a companhia optou pela migração da base de dados de seu sistema principal, ERP, para a nuvem. A VMware, com o apoio da Doc88 e a parceira Triple S, foi a responsável pela transferência, realizada com o VMware HCX – Hybrid Cloud Exchange, que permite a extensão de ambientes locais para a nuvem de maneira contínua e simplifica a migração de aplicações, o rebalanceamento da carga de trabalho e a continuidade de negócios. 


A migração do sistema ERP da Comerc Energia, com uma base próxima de 20 Terabytes de informação, foi realizada com rapidez, sem nenhuma interrupção nas operações da empresa e trouxe resultados positivos: testes de comparação de desempenho realizados entre a antiga estrutura on-premise e a infraestrutura VMware Cloud on AWS, mostram ganhos significativos, pois os servidores da provedora de nuvem têm tecnologia mais avançada e ágil do que o hardware físico. 


Foram consideradas três operações do ERP: leitura, gravação e alteração de dados. Ao comparar o resultado após a execução de uma mesma rotina, considerando a mesma base de dados, o ganho de performance varia entre 43% e  52% nos três indicadores avaliados.


“Com VMware Cloud on AWS, passamos a ter um ambiente extremamente resiliente e controlado, o que gerou mais tranquilidade e uma média de 45% em ganho de produtividade. Além disso, quando falamos em negócio, hoje transmitimos uma mensagem importante ao mercado, aos clientes e aos nossos colaboradores, de que o ambiente de infraestrutura onde roda a operação da Comerc Energia segue o padrão mundial, com qualidade e todas as certificações que o ambiente da AWS provê”, avalia Alex Fonseca, Chief Product Owner na DOC88. 


Além da preocupação com o grande volume de dados da base do sistema ERP, a Comerc Energia enxergava a adaptação do cliente final ao novo modelo como um desafio. Antes, os colaboradores estavam a uma distância física curta dos servidores, no escritório da companhia, com acesso por meio de rede interna. “Foi necessária uma mudança cultural e a quebra de paradigma em relação ao uso da nuvem, o que foi feito sem intercorrências e gerou benefícios importantes para uma melhor experiência do usuário, principalmente, pela maior disponibilidade gerada pelo VMware Cloud on AWS”, explica Fonseca. 


Além disso, os colaboradores passaram a demonstrar menos preocupações na execução de atividades do dia a dia, com a segurança de uma infraestrutura menos suscetível a instabilidades ou outras falhas que poderiam ser geradas por questões como indisponibilidade de energia. Dessa forma, foram alcançadas entregas melhores e mais ágeis, além de mais dedicação dos profissionais a atividades estratégicas do negócio. 


No projeto, a Comerc Energia contou, ainda, com o apoio da Triple S, principalmente na  gestão e supervisão da operação, dando mais liberdade para que a equipe de TI se dedicasse ao core business da companhia. “A Triple S encontrou na Comerc e na Doc88 os parceiros ideais para colocar em prática o valor de seu modelo de Managed Services Provider (MSP), disponibilizando o conhecimento técnico, em gestão de multi-cloud e em customer success, para que eles pudessem inovar sem as preocupações do dia-a-dia de TI”, avalia Marcos Ferrari, Sales Lead da Triple S.


Do ponto de vista técnico, a Doc88 relata um importante ganho de tranquilidade ao executar tarefas e operar todo o ambiente em nuvem, mais resiliente. “Com a migração, deixamos de nos preocupar com questões antes corriqueiras, que envolvem disponibilidade, agilidade e segurança. Se pensarmos na rotina de backup, por exemplo, com a migração para a nuvem, passamos a realizar backups em 30% do tempo que disponibilizávamos para a ação em servidores internos. O fato de conseguirmos trabalhar com mais agilidade já traz mais tranquilidade à equipe de TI”, pondera Fonseca.


A migração  representa novas formas internas de fazer e pensar o negócio, com mais inovação e desenvolvimento de novos valores. “A nuvem trouxe benefícios que vão além dos nossos objetivos iniciais, em sua maioria, técnicos. Hoje percebemos mais confiança dos clientes e mais engajamento de colaboradores, entre outras razões que impulsionam novas medidas e constante inovação interna”, avalia. 


Com os ganhos observados, a Comerc Energia pretende estender o projeto para uma estratégia multi-cloud que segmente produtos e serviços para a combinação de melhor custo-benefício. Além disso, a empresa já avalia a estruturação de um data lake armazenado em nuvem, conforme as melhores práticas do mercado. A intenção é instituir o conceito data driven, com foco em análise de dados para melhores respostas de problemas de negócio e melhor atendimento aos clientes. 

>> Panorama