>> Finanças

Fintech de empréstimo pessoal do Santander, chega a R$ 1 bi em carteira

Por: Redação, ⌚ 13/05/2021 às 11h49 - Atualizado em 13/05/2021 às 11h49

Empresa fechou o primeiro trimestre de 2021 com três milhões de clientes


A Sim, fintech de empréstimo pessoal do Santander Brasil, fechou o primeiro trimestre de 2021 com mais de três milhões de clientes e R$ 1 bilhão de valor em carteira, volume que já representa 0,6% de participação no mercado brasileiro de empréstimo pessoal.


“A Sim oferece soluções de empréstimo pessoal fundamentais para o reaquecimento da economia, principalmente em cenários como o visto no primeiro trimestre do ano. De uma forma simplificada, auxiliamos o brasileiro a reorganizar suas finanças ou a tirar seus projetos do papel com maior segurança”, destaca Francisco Muñoz, CEO da Sim.


Entre os produtos oferecidos pela Sim em sua plataforma digital está o empréstimo pessoal e o crédito com garantia de carros. Em dezembro do ano passado, a companhia lançou o seguro prestamista, e que hoje já representa 37% de suas contratações de crédito. Única fintech do segmento a oferecer empréstimo protegido, a Sim registrou o maior índice de transações com o produto em fevereiro, ao bater a marca de 42% do total de empréstimos contratados.


São Paulo é o estado que mais firmou contratos de empréstimo com seguro prestamista (31%), seguido do Rio de Janeiro (11,5%) e Minas Gerais (9,5%). O perfil de quem opta por uma linha de crédito com o seguro é majoritariamente feminino (51%), com até 25 anos (23%) e possui renda mensal de até R$ 2 mil (47%). “O valor de contratação do seguro prestamista é de 4% do total do empréstimo. Ele é indicado para aqueles clientes que precisam de dinheiro para organizar sua vida financeira, mas não querem correr riscos em caso de desemprego, morte ou invalidez. Também confere uma maior segurança a quem o contrata no atual cenário de crise do coronavírus no País”, complementa o executivo.


O seguro prestamista é uma modalidade que tem despertado o interesse do brasileiro. De acordo com o Relatório SUSEP de fevereiro de 2021, o total de contratações da modalidade soma, no País, R$ 2,41 bilhões no acumulado deste ano, com uma variação de 5% em relação a 2020.

>> Panorama