>> Destaque - Varejo

Rede Asun de Supermercados aposta em tecnologia e migra infraestrutura para nuvem

Por: Redação, ⌚ 05/11/2021 às 17h31 - Atualizado em 05/11/2021 às 17h31

Projeto promoveu ambiente e acesso mais estáveis, além de melhor performance, facilitando até mesmo a conexão via 4G


A Rede Asun de Supermercados realizou a migração do seu ERP para a nuvem com a ajuda da Sky.One. O projeto, que envolve a sustentação de mais de 30 lojas da Rede e 300 usuários, foi viabilizado por meio da solução Auto.Sky, o qual, neste projeto específico, faz a utilização de banco de dados com Oracle Exadata Database Machine. Os resultados já são perceptíveis e incluem ambiente e acesso mais estáveis, além de melhor performance, facilitando até mesmo, a conexão via 4G.


De acordo com o Gestor da Área de Tecnologia da Rede Asun de Supermercados, Antônio Martins, antes da migração, a rede varejista contava com o modelo on-premise, em que toda a área de banco de dados e servidor, por exemplo, era alocada para o time de TI, que cuidava de todo o processo de monitoramento do servidor e do ambiente do data center.


Além disso, a Rede precisava realizar um upgrade da licença da Oracle, e, por isso, entendeu que era o momento ideal para realizar a migração para a cloud. “Tínhamos uma carga de trabalho que envolvia a constância de servidor e toda a parte de contrato de garantia. Entendemos que precisávamos migrar para a nuvem. Desta forma, contamos com a expertise da Sky.One para nos auxiliar a suprir todas nossas novas necessidades”, afirma.


Implementação rápida e sem complicações


A DBMaster e parceira da Sky.One, contribuiu para o desenvolvimento do projeto, uma vez que auxiliou na gestão e estruturação do banco de dados da Rede. Além disso, garantiu a adequação à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), segundo o Chief Technology Officer da DBMaster, Igor Silva. “Esta jornada trouxe ao Asun o acesso a features de banco de dados Oracle e está auxiliando muito nos processos relacionados a governança, otimização de processos e tuning. Neste último tópico, conseguimos resultados excelentes com o uso das features e também possibilidade às adequações na camada do Database referente à LGPD”, explica.


O Especialista Cloud para Varejo da Sky.One, Paulo Rebello, ressalta que todo o projeto foi desenhado pensando nos benefícios da migração para a nuvem a longo prazo. “Criamos um projeto migratório para todas as estruturas, começando, principalmente, pelo ERP. Assim, migramos o ERP utilizando o Auto.Sky que, no desenho deste projeto, utiliza os serviços de Oracle Database por meio do Oracle Enterprise com Exadata. Agora, existe uma série de “roadmaps” de implementação de soluções do Oracle Enterprise”, explica.


A implantação levou cerca de 45 dias. Segundo Rebello, antes de iniciar o processo, o time da Sky.One realizou uma prova de conectividade, decisiva para a validação do ambiente. Hoje, todas as áreas da Rede Asun fazem uso da solução Auto.Sky, incluindo compras, operação da loja, financeiro e centro de distribuição, para atualização e utilização desses ambientes. “Nosso objetivo foi viabilizar uma migração com rápido acesso, fácil adoção, maior velocidade de ambiente e pouco impacto para os usuários, proporcionando assim uma redução de custo a curto, médio e longo prazo”, esclarece.


Agilidade, performance e segurança na nuvem


Para Martins, a migração para a nuvem retirou uma carga da área de TI. “A TI voltada ao negócio é diferente de uma TI voltada a resolução de problemas. Trata-se de uma questão cultural, mas quando levamos essa gama de servidores e banco de dados para a Sky.One, automaticamente liberamos essa dedicação de horas de técnicos para essa gestão on-premise, garantindo mais fôlego para a equipe planejar os próximos passos a serem atacados. Além disso, o projeto otimizou significativamente a minha própria demanda com contratos, uma vez que não preciso mais contar com fornecedores de disco e de hardware”, destaca.


Martins comenta ainda que, com relação à segurança e LGPD, ter um ambiente protegido, hospedado em um data center, com criptografia dos dados e contar com um time especializado como o da Sky.One, responsável por todo o monitoramento e backups, garante mais segurança e tranquilidade. A indisponibilidade que ocorria antes também foi um ponto crítico solucionado após a migração.


“Os problemas foram resolvidos. Atualmente, estamos mais focados em projetos, já que passamos a contar com ERP e infraestrutura robustas. A ideia agora é buscar parceiros e apostar em inovação para nos diferenciarmos do padrão”, Martins.

>> Destaques