>> Destaque - Mercado

Transformação digital e AI são focos estratégicos em fusão global

Por: Bruno Silva, ⌚ 26/11/2021 às 18h16 - Atualizado em 26/11/2021 às 19h10

TD SYNNEX conclui organização operacional no Brasil e segue com a estratégia hybrid multi-coud e tudo como serviço


A TD SYNNEX, empresa resultante da fusão da Tech Data Corporation com a SYNNEX, unifica suas operações no Brasil sob a liderança de Humberto Menezes, VP e diretor geral da companhia. A missão da nova empresa é reunir melhores condições para atender as exigências em Tecnologia da Informação das empresas brasileiras em um momento de grande transformação digital.


A fusão tem como objetivo ganhar liderança global entre as distribuidoras de produtos e soluções de TI e deverá faturar anualmente 60 bilhões de dólares em todo o mundo. A ideia é dar continuidade à estratégia hybrid multi-cloud e proporcionar ao mercado a oferta de “tudo como serviço”, além de aprimorar o marketplace CloudSolv, conectando fabricantes e revendas e tendo como política incentivar os desenvolvedores independentes de software, que também publicam seus aplicativos nessa plataforma.


Para Humberto Menezes, outro ponto forte que será tendência para 2022 é o uso de Inteligência Artificial, que promete ser a principal aposta das organizações para ajudar na detecção e prevenção de possível invasões. “Analytics e Inteligência Artificial com recursos de Machine Learning, estão no topo das tendências. Apostar em processadores robustos e em nuvem para fazer análises e armazenar os dados corporativos pode ser uma ótima alternativa”, comenta Menezes, durante coletiva de imprensa realizada nesta semana.


Com escritórios em São Paulo e no Rio de Janeiro, além de warehouse no Espírito Santo, a TD SYNNEX no Brasil conta com 575 colaboradores (492 SYNNEX e 83 Tech Data). A sede da empresa fica em São Paulo, onde está a maior parte dos colaboradores.


Humberto Menezes destaca que não se trata de uma fusão para reduzir custos ou para otimizar operações, pelo contrário, é algo que vai ao encontro das transformações que o mercado vem sofrendo.


“É uma fusão para investir mais em tecnologia e para fazer face à transformação de toda a cadeia de suprimentos de TI. Hoje, é necessário um distribuidor mais digital, alinhado com a nuvem, com as novas aplicações de negócio e com a modernidade”, comenta o VP e diretor geral da TD SYNNEX no Brasil.


O executivo ressalta ainda que a empresa está estruturada em duas principais linhas de operação: Vendas e Produtos. Haverá cinco unidades de negócio em Vendas e três unidades em Produtos, que trabalharão em colaboração e contarão com o apoio de unidades funcionais como Marketing, Recursos Humanos e Finanças.






>> Destaques