>> Destaque - Varejo

Grendene aumenta em 380% as vendas on-line com e-commerce reestruturado

Por: Redação, ⌚ 11/08/2021 às 16h22 - Atualizado em 13/08/2021 às 16h12

O principal objetivo do projeto era internalizar o domínio dos dados que permitem personalizar a experiência de compra do consumidor, oferecendo sugestões com base nas pesquisas e acessos


A pandemia antecipou a necessidade da Grendene de reestruturar a plataforma de e-commerce de dez marcas de suas marcas, no Brasil e internacionalmente.  O projeto, realizado pela Compasso com soluções de nuvem para e-commerce da Oracle Commerce Cloud, levou dez meses e replicou no virtual a experiência de compra das lojas físicas. Como resultado, o  Grupo teve um aumento de mais de 380% nas vendas virtuais em 2020, com o atendimento da demanda gerada pela pandemia de Covid-19.


O principal objetivo da Grendene era internalizar o domínio dos dados que permitem personalizar a experiência de compra do consumidor, oferecendo sugestões com base nas pesquisas e acessos. Com a ajuda da Compasso, o grupo brasileiro, passou a ter controle dessas informações e oferecer atendimento exclusivo ao usuário, em uma abordagem omnichannel. Para a Grendene, a agilidade foi essencial, já que o processo foi acelerado pelo fechamento das lojas físicas em função da pandemia. E a Compasso aceitou o desafio, com a entrega da primeira loja, da marca Zaxy, em apenas 72 dias. 


“A Compasso foi uma parceira fundamental para o desenvolvimento dos e-commerces da marca Grendene na plataforma Oracle Commerce. As equipes de desenvolvimento, trabalhando com uma metodologia ágil, tiveram um impacto significativo no nosso sucesso durante o lançamento de 10 operações de e-commerce (B2C e B2B) em 10 meses. Implementamos sites nos Estados Unidos e no Brasil, e ainda temos planos de explorar o mercado Europeu e outros em breve”, comentou Christian Seidl, Head de Digital Commerce da Grendene. 


O resultado foi um aumento de 30% a 80% na taxa de conversão entre os e-commerces das marcas. Atualmente, são oito operações de e-commerce B2C e duas B2B. “A transformação na experiência de compra fez com que  os canais on-line de Zaxy e Rider, as primeiras marcas internalizadas, avançassem 117% e 380%, entre novembro e dezembro, na comparação com 2019. Com apenas 30 dias de operação do omnichannel, a Grendene gerou o equivalente a 60% da receita do ano anterior, quando comparada com a operação terceirizada”, finalizou.

>> Destaques