>> Destaque - Mercado

B3 anuncia parceria estratégica para migração de sistemas para a nuvem

Por: Redação, ⌚ 13/05/2022 às 12h42 - Atualizado em 13/05/2022 às 15h37

Acordo com Microsoft e Oracle tem como objetivo acelerar a transformação digital da bolsa, alavancar a modernização de plataformas e desenvolver produtos e serviços para o mercado financeiro


A B3 assinou contratos de parcerias estratégicas com a Microsoft e com a Oracle para migração de seus sistemas para a nuvem num prazo de dez anos e que terá como objetivo acelerar a transformação digital da bolsa, alavancar a modernização de plataformas, desenvolver produtos e serviços e sobretudo desenvolver novas tecnologias que hoje não estão disponíveis para operações de mercado financeiro.


O trabalho será feito em duas grandes fases, definidas a partir do estudo que a B3 fez das características de seus sistemas e das necessidades dos nossos clientes. Na primeira fase, com horizonte de até cinco anos, serão migrados para a nuvem sistemas que atualmente têm maior adaptabilidade a esse ambiente como o gravame de veículos, a Clearing de câmbio, Banco B3, seguros, balcão, entre outros.


Na segunda fase, após os primeiros cinco anos, a parceria da B3 com a Microsoft e a Oracle terá como foco o desenvolvimento de novas tecnologias para migração de sistemas onde hoje não há soluções já construídas e prontas no mercado. Além disso, a parceria mudará a forma de a B3 desenvolver novos sistemas, passando a priorizar cloud first.


“Essa é uma parceria transformacional. Nosso objetivo não é só tecnologia; é inovação, agilidade e flexibilidade para atender nossos clientes. Queremos construir um ambiente tecnológico com soluções novas, produtos novos e gerar benefícios que alcancem todo o mercado”, explica o vice-presidente de Tecnologia e Segurança da Informação da B3, Rodrigo Nardoni.


A Microsoft e a Oracle foram escolhidas para essa parceria pelo fato de que as duas empresas vêm investindo e avançando significativamente em inovação, desempenho, confiabilidade, resiliência e segurança de nuvem. Além disso, ambas têm o compromisso global para desenvolvimento de produtos e serviços para os mercados financeiros e de capitais.


Outro fator importante é que ambas organizações já possuem entre si uma parceria técnica de interoperabilidade de nuvem, e esse trabalho integrado possibilitará à B3 implementar uma estratégia multicloud, trazendo a solução com a melhor segurança e robustez disponível no mercado.


Dentro da estratégia de novos produtos, o objetivo é ganhar agilidade e flexibilidade, acelerando estratégia de go to market da B3 e aumentando a oferta de novos produtos ao mercado a partir da simplificação e ganhos de conectividade geradas pela conexão em nuvem.


Com o uso do Microsoft Azure de forma interconectada com a Oracle Cloud Infrastructure (OCI), infraestrutura de nuvem de próxima geração da Oracle, a B3 terá uma das mais abrangentes soluções em certificações de segurança do mercado e ampla capacidade para modernização das aplicações, com velocidade e flexibilidade, otimizando e simplificando a gestão de TI.


“Estamos entusiasmados por ser escolhidos como o provedor em nuvem para avançar na jornada de transformação digital da bolsa, juntamente com a Oracle”, afirmou Tânia Cosentino, presidente da Microsoft Brasil”, complementou a executiva.


A solução multicloud adotada pela B3 com a Microsoft e Oracle conta com uma arquitetura que tem embarcada todo o potencial das duas nuvens, o que fortalece ainda mais a estratégia da instituição e traz benefícios agregados, como recurso avançado para continuidade dos negócios, sem interrupções, por meio de recuperação em caso de desastres (disaster recovery, em inglês).


“Tecnologia, segurança, conhecimento e muita inovação serão a base desse projeto no qual, ao lado da Microsoft e B3, ajudaremos na aceleração digital do ecossistema B3 hoje e no futuro”, destaca Rodrigo Galvão, vice-presidente sênior de Tecnologia da Oracle América Latina.


A parceria entre as três empresas também inclui ações de capacitação de times por meio de workshops, treinamentos, acesso a laboratórios e certificações de mercado, o que vai contribuir para retenção e atração de novos talentos na área de tecnologia.

>> Destaques