>> Mercado

Quase metade das ofertas de plataformas como serviço estão disponíveis apenas em ambientes Cloud

Quase metade das ofertas de plataformas como serviço (PaaS) estão sendo oferecidas apenas em ambientes Cloud

Por: Redação, ⌚ 19/03/2019 às 13h57 - Atualizado em 19/03/2019 às 13h57

Atualmente, existem mais de 360 fornecedores em 21 segmentos de mercado, oferecendo mais de 550 ofertas de PaaS. De acordo com o Gartner, 48% dessas ofertas estão disponíveis somente na Nuvem e há uma complexidade de ofertas, uma vez que não há nenhum fornecedor presente em todos os segmentos — 90% deles operam apenas em uma área de PaaS.

 

“Os líderes de negócios e de tecnologia estão mudando seus investimentos para computação em Nuvem”, diz Yefim Natis, Vice-Presidente de Pesquisas e Analista do Gartner. “Cloud Computing é uma das principais forças disruptivas nos mercados de TI que está ganhando confiança no mainstream”, afirma o especialista.

 

A receita total do mercado de PaaS deverá atingir US$ 20 bilhões em 2019 e ultrapassará US$ 34 bilhões em 2022, de acordo com pesquisa do Gartner. Nesta mudança para as soluções baseadas em Nuvem, os serviços de plataforma para bancos de dados e aplicativos representam os maiores segmentos do mercado, com as ofertas voltadas ao blockchain, digital experience, computação sem servidor (serverless) e Inteligência Artificial (IA) / aprendizado de máquina (ML) sendo os mais inovadores destinos de investimento.

 

“Embora muitas organizações estimem uma retenção de longo prazo da computação local, os fornecedores de quase metade das ofertas de plataforma em Nuvem apostam no crescimento predominante das implantações baseadas em Cloud, optando por uma entrega mais moderna e eficiente de seus serviços nesse ambiente”, explica Natis. De acordo com o Gartner, até 2022, os gastos empresariais em TI para ofertas baseadas em Nuvem irão superar o total investido em soluções de TI sem Nuvem.

 

Segundo Gartner, a mais recente previsão de gastos de TI para a América Latina mostra que os gastos com sistemas de Data Center devem chegar a US$ 5,7 bilhões em 2019, crescendo para US$ 5,9 bilhões até 2022. No entanto, os gastos com serviços de infraestrutura de sistemas na América Latina crescerão mais rapidamente, de US$ 779 milhões em 2019 para US$ 1,4 bilhão em 2022.

 

Pesquisas adicionais sobre o tema serão apresentadas durante a Conferência Gartner Infraestrutura de TI, Operações & Estratégia de Cloud, que acontece nos dias 24 e 25 de abril em São Paulo. No evento, analistas brasileiros e internacionais irão apresentar conexões vitais entre tecnologias, gestão e cultura com um foco especial na liderança de cada função de Infraestrutura e Operações (I&O).

 

 

>> Panorama