>> Varejo

Obramax alavanca operação omnichannel

Com novo fornecedor de tecnologia, atacarejo voltado para o mercado de materiais de construção do Grupo Adeo visa oferecer flexibilidade e eficiência ao consumidor

Por: Redação, ⌚ 03/10/2018 às 18h10 - Atualizado em 03/10/2018 às 18h10

A Obramax, marca de atacarejo do Grupo Adeo voltada para o mercado de materiais de construção, inaugurou sua primeira loja em São Paulo neste ano e contratou a Linx como parceira tecnológica para ajudar na implementação de uma operação física inteligente e ágil.

 

Com a Linx, a Obramax criou uma espécie de ‘PDV omnichannel’ que, além de receber e processar os pagamentos dos clientes, faz a gestão das eventuais devoluções de pedidos, sempre em integração total com o sistema da loja, o que facilita a administração da rotina e do estoque do ponto de venda.

 

“Em menos de um ano, construímos uma empresa omnichannel, envolvendo e-commerce, venda assistida, autosserviço e televendas – um grande desafio para qualquer varejista”, comemora Hubert Desmarest, CIO da Obramax. “Assim que implementada, a plataforma da Linx se tornou a peça central deste quebra-cabeça, uma vez que pudemos otimizar uma etapa fundamental da operação: o PDV”.

 

Para Daniel Mayo, diretor comercial do segmento de Big Retail na Linx, “o trabalho com a Obramax é um exemplo de evolução no varejo”. Segundo ele, “empresas que investem em uma operação omnichannel colherão frutos valiosos ao longo do tempo, já que passarão a ter melhor controle dos estoques físico e virtual, estreitarão o relacionamento com seus clientes e ganharão mais tempo em suas rotinas”.

 

Em relação aos próximos passos com a Linx, o executivo da Obramax é preciso e otimista: “Estamos sempre em busca de soluções inovadoras que facilitem nossa operação e garantam o melhor atendimento aos nossos clientes”.

 

>> Panorama