>> Varejo

Google anuncia chegada do Android Pay no Brasil

País é o primeiro da América Latina a receber o serviço, que funciona em smartphone que possui sistema operacional Android KitKat (4.4) ou versões posteriores

Por: Redação, ⌚ 16/11/2017 às 10h28 - Atualizado em 16/11/2017 às 10h28

A partir de agora, os brasileiros poderão usar os seus smartphones para fazer pagamentos de produtos e serviços de maneira simples, segura e rápida com o Android Pay. O Brasil é o 17o país a receber o Android Pay, que já está disponível em países como Estados Unidos, Espanha, Rússia e Japão. O serviço foi lançado inicialmente nos Estados Unidos, em setembro de 2015.

 

“Com mais de 2 bilhões de usuários ativos, o Android é o sistema operacional mais popular do mundo e busca sempre oferecer recursos inovadores para seus clientes. Com o Android Pay, os brasileiros agora poderão usar seus smartphones para fazer pagamentos de forma prática, rápida e segura”, diz Alessandro Germano, diretor de parcerias estratégicas do Google Brasil.

 

Para instalar o Android Pay, primeiro é preciso verificar se o smartphone possui sistema operacional Android KitKat (4.4) ou versões posteriores. Depois, é só baixar o aplicativo do Android Pay gratuitamente na loja do Google Play. Uma vez instalado o app, basta adicionar os dados dos cartões de crédito ou débito dos bancos e operadoras de cartões de crédito parceiros no Android Pay.

 

Neste primeiro momento, o serviço está disponível para os donos de cartões Banco do Brasil (crédito e débito), Caixa (débito), Neon (débito), Porto Seguro (crédito) e Brasil Pré-Pagos (débito) com a bandeira Visa. O Google espera adicionar novos parceiros em breve.

 

Na hora de pagar por uma compra com Android Pay, basta encostar o smartphone com tecnologia NFC em um ponto de venda que suporte essa tecnologia. Dentre as empresas que aceitam o serviço no Brasil, estão Carrefour, Casa do Pão de Queijo, Drogasil, Rei do Mate, Café do Ponto, Hering e Ipiranga. O caixa irá selecionar o tipo de pagamento (débito ou crédito) e inserir o valor da compra no terminal. Ao terminar, o cliente deve desbloquear e segurar seu smartphone próximo à máquina. Então, aguardar a mensagem de compra autorizada.

 

A segurança está no centro do Android Pay. Com a tokenização padrão da indústria, o Android Pay não envia aos comerciantes o número real do seu cartão no ato da compra. O Android Pay também permite que o usuário acompanhe os pagamentos e bloqueie o seu dispositivo caso ele seja perdido ou roubado.

 

>> Panorama