>> Varejo

Em 2019, E-commerce cresceu 13,5% no Brasil

De acordo com a Mastercard SpendingPulse, um indicador que fornece informações sobre as tendências gerais de gastos do varejo em todos os tipos de pagamentos, especificamente no quarto trimestre, as vendas no comércio eletrônico cresceram 20,2%

Por: Redação, ⌚ 07/02/2020 às 15h54 - Atualizado em 07/02/2020 às 15h54

O comércio eletrônico brasileiro fechou 2019 com crescimento. No ano passado, as vendas online aumentaram 13,5% em comparação com 2018, de acordo com o Mastercard SpendingPulse, um indicador que fornece informações sobre as tendências gerais de gastos do varejo em todos os tipos de pagamentos.

 

Em 2019, o total de vendas no varejo – incluindo comércio eletrônico e lojas físicas – cresceu 1,5% em geral quando comparado com 2018. Especificamente no quarto trimestre, as vendas no comércio eletrônico cresceram 20,2%, enquanto as vendas totais no varejo mostraram um aumento de 2,5% em comparação com o mesmo período do ano passado.

 

Ao analisarmos os resultados de dezembro, o mês apresentou um sólido crescimento nas vendas, com o varejo online crescendo 25,7% e o volume total de vendas no varejo registrando um aumento de 2% em comparação com 2018. Em dezembro, os gastos nas lojas físicas tiveram maior enfoque em móveis e eletrodomésticos, artigos farmacêuticos, combustíveis e artigos de uso pessoal e de casa.

 

“Os saques do FGTS autorizados pelo governo tiveram uma influência favorável no poder de compra – impactando positivamente o crescimento das vendas online no varejo”, explica César Fukushima, diretor de análises avançadas da Mastercard no Brasil. “Além disso, a taxa de desemprego apresentou melhorias, promovendo um aumento na renda real e trazendo um bom resultado para o setor de varejo em 2019”.

 

Ao analisarmos o total de vendas no varejo por região em dezembro, o Sul (5,7%) e o Centro-Oeste (2,7%) apresentaram desempenho acima da média nacional, enquanto o Norte (0,8%), Nordeste (0,1%) e o Sudeste (1,4%), ficaram abaixo dos números do varejo quando comparados ao mesmo período do ano anterior.

 

>> Panorama