>> Serviços

Itabrasil e Hflex economizam compra de suprimentos com tecnologia

Especializadas em gestão imobiliária, empresas otimizaram seus processos de Compras e reduziram os custos com a solução Clube de Compras, do Mercado Eletrônico

Por: Redação, ⌚ 27/11/2017 às 16h10 - Atualizado em 27/11/2017 às 16h10

A Itabrasil e a Hflex, especializadas em gestão imobiliária, decidiram utilizar a solução Clube de Compras do Mercado Eletrônico para otimizar os processos de aquisição de suprimentos. Juntas, as duas companhias são responsáveis pela administração de mais de 900 condomínios em todo o Brasil, divididos em carteiras de 30 a 40 empreendimentos, e o volume de aquisições pode passar dos R$2.000.000 por mês. O projeto, desenvolvido pela Level Group, foi implementado inicialmente em uma das carteiras e na área de implantação – formada por 10 a 12 condomínios novos no grupo da Itabrasil e Hflex. Em apenas 4 meses, as companhias já reduziram em 15% os custos com a compra de suprimentos.

“Automatizar todos os processos e centralizar as operações do setor de Compras desses cerca de 60 condomínios, nos permitiu melhorar as negociações. Em apenas poucos meses, já sentimos a diferença, com a redução de 15% dos custos da área”, afirma a gestora de Novos Negócios da ItaBrasil e Hflex, Andrea Ligieri. “Além disso, também conseguimos agilizar todos os processos. Antes, a busca por fornecedores e o mapa comparativo de preços, por exemplo, eram feitos manualmente, por meio de pesquisas e buscas. Hoje, com o Mercado Eletrônico, automatizamos várias etapas e somos capazes de negociar diversos itens, desde materiais de escritório e limpeza até equipamentos para os condomínios. Expandimos, inclusive, o número de fornecedores em nossa base”, explica.
 

De acordo com Carlos Viali, líder da oferta de Catálogos Negociados do Mercado Eletrônico, este projeto é pioneiro no mercado de administração de condomínios. A maior parte dos compradores desse segmento ainda atua de forma tradicional, com buscas manuais de fornecedores para cada uma de suas cotações e negociações pouco otimizadas. Esses processos, todos operacionais, tomam muito tempo da equipe. Tempo este que poderia ser investido em ações muito mais estratégicas e com melhor retorno para as empresas. “Centralizar as compras não só agiliza os procedimentos como também permite conquistar melhores valores e condições melhores de aquisição – como prazo, por exemplo”, exemplifica.

 

A Itabrasil e a Hflex planejam expandir o uso do Clube de Compras para todos os condomínios administrados pelo Grupo. A ideia é conseguir realizar todas as aquisições das diferentes localidades pelo País de maneira centralizada por meio da solução. Além de conquistar redução de custos, o Grupo espera, ainda, ter mais governança do setor – com métricas bem definidas e relatórios dos investimentos em compras de suprimentos.

>> Panorama