>> Mercado

Unisys encerra 2º trimestre de 2019 com taxa de crescimento superior a 10%

Receita total cresce 12,9% comparada ao mesmo período de 2018 e América Latina representa 9% dos negócios globais

Por: Redação, ⌚ 07/08/2019 às 15h44 - Atualizado em 07/08/2019 às 15h44

A Unisys Corporation anuncia os resultados financeiros do segundo trimestre fiscal de 2019 e reafirma guidance para 2019. A receita total cresceu 12,9% (16,5% em moeda constante, em comparação ao mesmo período do ano anterior. Mesmo impactadas pela desvalorização cambial, as receitas na América Latina acompanharam o crescimento de forma significativa (em moeda constante), apresentando um aumento de 10% na comparação com o mesmo período de 2018. Região representa 9% do faturamento mundial.

 

Receita do segundo trimestre alcançou US$ 753,8 milhões vs. US$ 667,4 milhões em 2018. O lucro líquido em base GAAP foi de US$ 26,2 milhões, ou US$ 0,42 por ação, significativamente acima dos US$ 3,8 milhões, ou US$ 0,07 por ação, informado pela empresa no ano passado. Em base não-GAAP, o lucro líquido foi de US$ 0,87 por ação, acima dos US$ 0,39 de 2018. Valores superaram as expectativas dos analistas em US$ 65,25 milhões e as expectativas de US$ 0,21 por ação em uma base não-GAAP, de acordo com a Seeking Alpha.

 

“Estamos satisfeitos em ver o crescimento contínuo da receita com maior margem de lucro operacional não-GAAP e fluxo de caixa livre positivo neste trimestre”, comenta Peter A. Altabef, chairman e CEO da Unisys. “Também somos encorajados pela força de nosso trabalho com governo federal dos EUA, que apresentou crescimento superior a 33% em receitas na comparação anual”.

 

“O bom resultado na região deve-se ao crescimento que tivemos em nossos clientes, reflexo do nosso score de avaliação de atendimento (NCR) muito acima da média do mercado.

 

Os preços das ações da Unisys subiram 0,1%, para US$ 10,53 por ação no fechamento do pregão. Na negociação após o expediente, o valor aumentou em quase 16%, chegando a US$ 12,20 por ação algumas horas depois do anúncio dos resultados fiscais do segundo trimestre.

 

>> Panorama