>> Mercado

TIM fecha parceria estratégica com Ericsson

Acordo prevê centralização de dados e virtualização da base, que conta com 70 milhões de assinantes no País

Por: Redação, ⌚ 11/10/2017 às 14h46 - Atualizado em 11/10/2017 às 14h46

A TIM acaba de anunciar parceria com a Ericsson para evoluir a arquitetura da atual base de dados de usuários da operadora, com um volume de 70 milhões de assinantes no Brasil, a partir de outubro. O processo iniciará por São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba, sendo expandido para todo o país posteriormente. Essa é a primeira vez que a centralização do banco de dados será feita em uma escala como esta, em um acordo que se estenderá também para a virtualização da rede.

O projeto inclui a implementação e a consolidação das bases de dados de todas as tecnologias – 2G, 3G e 4G –, incluindo o VoLTE e outros serviços integrados da operadora. Com duração de cinco anos, o contrato contempla ainda a virtualização destes elementos de rede, levando para a TIM maior flexibilidade de alocação de recursos computacionais, redução no tempo de disponibilização, atualização e lançamento de serviços para seus clientes, além da redução de custos operacionais.
 

A Ericsson também oferecerá um abrangente pacote de serviços, que vão desde design e integração de rede até treinamento e suporte ao cliente. O recurso prevê ainda uma solução exclusiva de proteção de sobrecarga e gerenciamento de capacidade, que permite um controle de congestionamento fim a fim por meio de um mecanismo de cooperação em tempo real entre os diferentes elementos de rede virtualizados.

 

Reconhecida por suas soluções de SDM (Subscriber Data Management) para a arquitetura de camada de dados, a Ericsson já disponibiliza o serviço para mais de 140 clientes em todo o mundo, que totalizam mais de 4,7 bilhões de assinantes. Com base em sua experiência global e liderança de mercado, a Ericsson proverá à TIM a melhor solução de centralização da base de dados existente no mercado

>> Panorama