>> Mercado

Oracle investe em inteligência artificial

Novos assistentes inteligentes e recursos de inteligência artificial (IA) reduzem os processos manuais e melhoram os resultados

Por: Redação, ⌚ 21/03/2019 às 15h07 - Atualizado em 21/03/2019 às 15h07

A Oracle ampliou os recursos de inteligência artificial (AI) em duas soluções Oracle Enterprise Resource Planning (ERP) Cloud e Oracle Enterprise Performance Management (EPM) Cloud. As mais recentes inovações incluem um assistente de relatórios de despesas, assistente digital de gerenciamento de projetos, controles financeiros avançados e gerenciamento de cadeia de suprimentos.

 

“A Oracle continua cumprindo a promessa de inovação financeira que é esperada por nossos clientes”, disse Rondy Ng, vice-presidente sênior da Oracle Applications Development. “Nossa estratégia de inteligência artificial, destacada por meio de atualizações contínuas, que garante resultados comerciais imediatos. Isso permite que as equipes de finanças e operações permaneçam à frente da curva de tecnologia e mantenham uma vantagem competitiva.”

 

Mais de 6.000 organizações em 112 países e 23 indústrias confiam no Oracle ERP Cloud que fornece uma plataforma completa, inovadora e segura. Com o Oracle ERP Cloud, organizações de todos os tamanhos podem se beneficiar de forma rápida e fácil com as inovações em inteligência artificial, assistentes digitais, processamento de linguagem natural, blockchain e Internet das Coisas (IoT), permitindo maior produtividade, redução de custos e aprimoramento de controles.

 

Essas inovações permitem que as equipes de finanças e operações dediquem mais tempo a iniciativas estratégicas a favor do negócio, aumentando a eficiência, precisão e conformidade nos processos. As inovações incluem:

 

–  Assistente de Relatórios de Despesas: simplifica o processamento do relatório de despesas, criando, classificando e combinando itens de despesas automaticamente. Os usuários podem interagir com o assistente com uma poderosa interface de voz, ou simplesmente enviando imagens de recibo para o assistente via e-mail, SMS, Slack ou Microsoft Teams. O assistente usa machine learning para melhorar a classificação automática de itens de despesas, monitorar violações de políticas e reduzir os riscos de auditoria;

 

 

–  Assistente Digital de Gerenciamento de Projetos: atualizações instantâneas de status do projeto e permite que os usuários atualizem o tempo e o progresso da tarefa usando um assistente digital. O assistente digital aprende com seus registros, dados de planejamento do projeto e todo o contexto geral, personalizando as interações e capturando de maneira inteligente as informações críticas do projeto;

 

– Controles Financeiros Avançados: análise contínua de transações, automatizando e ajudando a evitar vazamentos financeiros. A solução usa algoritmos de autoaprendizagem para examinar mudanças e transações críticas de configuração em uma biblioteca de regras comprovadas utilizando algoritmos internos para correspondência difusa, detecção de anomalias, análise, agrupamento etc. Essa abordagem usa a ciência de dados para permitir que os incidentes sejam direcionados para analistas de rastreamento;

 

– Controles avançados de acesso: automatiza a analisa a segurança do usuário, usando técnicas de inteligência artificial para ajudar a proteger os dados corporativos contra ameaças internas e fraudes. A solução usa a análise baseada em gráficos para avaliar com precisão e confiabilidade as violações ocultas em configurações de segurança complexas, recursivas e dinâmicas. Essa técnica inclui uma biblioteca robusta de privacidade de dados e de práticas recomendadas que podem monitorar continuamente usuários, funções, privilégios, configurações e transações.

 

– Gerenciamento Inteligente de Fornecedores: a integração do Oracle DataFox enriquece os perfis dos fornecedores com dados da empresa fornecidos pela IA e validados para a classificação e categorização do fornecedor de energia. Ele usa técnicas de inteligência artificial para extrair sinais dinâmicos de risco de fornecedores de notícias e press releases, que são combinados com as fontes de dados da empresa da DataFox para gerenciar automaticamente o risco do fornecedor, identificando quais fornecedores estão em risco e recomendando fornecedores alternativos.

 

Além disso, outras inovações orientadas ao machine learning para o Oracle ERP Cloud anunciadas anteriormente incluem:

 

– Pagamentos inteligentes, que permitem às organizações reduzir custos e construir relacionamentos mais fortes com os principais fornecedores, aproveitando o perfil do fornecedor no momento e os dados de risco para gerar ofertas específicas em troca do pagamento antecipado de contas;

 

– Gerenciamento Inteligente de Desempenho, que descobre padrões de dados de difícil acesso para fornecer “insights” contextuais no momento certo, ajudando a melhorar a qualidade e o impacto comercial das decisões financeiras e operacionais;

 

– Automação Inteligente de Processos que permite a automação de tarefas que exigem muito trabalho e permite que as organizações reimplantem os funcionários em um trabalho mais estratégico e recompensador.

 

>> Panorama