>> Mercado

Oi celebra parceria com MOB Telecom e inicia novo modelo de atuação no mercado

Iniciativa faz parte da nova estratégia de Atacado da companhia, que prevê uso de sua infraestrutura abrangente para ações conjuntas com pequenos e médios provedores no Brasil inteiro

Por: Redação, ⌚ 25/03/2020 às 13h04 - Atualizado em 25/03/2020 às 13h04

A Oi e a MOB Telecom celebraram um memorando de entendimento (MoU, na sigla em inglês) para operação conjunta nas expansões dos projetos de internet via fibra da MOB, inaugurando um novo ciclo para a atuação da Oi no mercado de Atacado, um dos pilares de seu plano estratégico, que tem como prioridade a expansão do serviço de fibra de alta velocidade em todo o Brasil.

 

O objetivo da companhia é garantir um mix de receitas no segmento não-regulado em áreas como conexões IP, “Fiber to the City”, “Fiber to the ISP” e “Fiber to the Tower”, que devem ter crescimento expressivo com a expansão da banda larga de alta velocidade em fibra e do 4,5G e 5G. Além do projeto-piloto com a MOB Telecom, a partir do segundo semestre a Oi pretende levar esse modelo de parceria para outros pequenos e médios provedores em todas as regiões do país, com o desenvolvimento também de um modelo de franquias.

 

No projeto-piloto, o modelo comercial prevê em um primeiro momento que a Oi forneça o backbone e a transmissão, garantindo todos os benefícios de resiliência, caching de conteúdo e melhor latência da sua rede para o parceiro, que fica responsável por todas as etapas dos serviços aos clientes, como atendimento, oferta de produtos, canais de venda, faturamento e cobrança, além da instalação da última milha de fibra até a residência. Em uma segunda etapa, a Oi prevê uma evolução para o modelo mais tradicional de franquia, no qual além de ter acesso ao uso da rede e transmissão da Oi, o parceiro terá direito ao uso da marca e portfolio padronizado da Oi, que também será responsável pelas áreas de atendimento, faturamento e cobrança.

 

Para a Oi, o segmento de Atacado é uma das prioridades do plano estratégico de transformação da companhia, já que sua infraestrutura de mais de 370 mil quilômetros de rede de fibra ótica garante a maior capilaridade nacionalmente entre as operadoras no mercado brasileiro. O centro da estratégia da Oi é a aceleração dos projetos de fibra ótica que possibilitam não só a expansão dos produtos oferecidos ao segmento Residencial, mas garantem também sustentação para as iniciativas da companhia no mercado B2B e no Atacado.

 

“A infraestrutura de rede de fibra ótica da Oi garante à companhia enorme capilaridade e capacidade de atender o mercado com abrangência e resiliência inigualáveis. Essa infraestrutura, não replicável, constitui um diferencial estratégico que possibilita à Oi uma qualidade superior no atendimento a empresas prestadoras de serviços de telecomunicações, provedores de internet e empresas de infraestrutura envolvidas na cadeia de prestação desses serviços, e pretendemos intensificar a captura de oportunidades proporcionadas por essa vantagem competitiva”, explica o CEO da Oi, Rodrigo Abreu.

 

Além disso, a  Mob Telecom e Oi já têm um modelo de parceria de sucesso no segmento de B2B desde 2018, com o projeto de conectividade do Banco do Nordeste, entregue em 2019.

 

O plano estratégico da Oi prevê a aceleração da companhia no Atacado, visando monetizar sua infraestrutura. A rede é fundamental para dar suporte à tendência de crescimento do tráfego de dados resultante de soluções em cloud, Internet das Coisas (IoT) e streaming de vídeo, entre outros, e também das conexões 4,5G e da futura tecnologia 5G, que demandam mais capacidade das redes fixas para viabilizar esta conectividade em altas velocidades e baixa latência.

 

>> Panorama