>> Mercado

Mobile World Congress: os efeitos da tecnologia móvel 5G

Congresso apontou os rumos para a quinta geração de tecnologia móvel, que revolucionará o marketing e o segmento de mídia em geral

Por: Redação, ⌚ 27/02/2019 às 15h08 - Atualizado em 11/03/2019 às 16h48

O último Mobile World Congress, realizado em Barcelona, entre os dias 25 e 28 de fevereiro, trouxe novidades sobre a tecnologia 5G, que proporciona uma conectividade muito mais ampla e rápida, além de otimizar as soluções em termos de marketing, mídia e internet das coisas. O evento é a mais importante convenção do segmento em todo o mundo, na qual convergem todas as novidades, além de ditar as previsões de evolução para os próximos meses.

 

O lançamento comercial da quinta geração de tecnologia móvel (5G) enfatiza que a tecnologia sem fio continuará a transformar a comunicação, a conectividade e até mesmo indústrias inteiras. Essa revolução será a base para a fabricação de carros que serão conduzidos sem motoristas e mudarão o dia a dia das pessoas, em questões como roupas, casas e até cidades inteiras.

 

“O Mobile World Congress está focado na próxima geração e muitos na indústria estão apostando fortemente no 5G, porque pode ser a tecnologia que trará uma mudança nunca vista na perspectiva de telas pequenas”, comenta Francesco Simeone, Diretor Geral da Logan Media no Brasil, agência líder no desenvolvimento de estratégias de marketing móvel na América Latina.

 

Um dos anúncios mais importantes feitos no Congresso teve a ver com o acordo da InMobi, maior plataforma independente de publicidade móvel do mundo, com a Microsoft para o uso do Azure, um sistema de dados seguro criado pelo gigante tecnológico, com o qual será possível garantir às empresas de telecomunicações a segurança em escala de negócios TruFactor, e também o uso de aprendizado da máquina. Este contrato da InMobi contribuirá com a Logan em sua atuação na América Latina tanto no que se refere ao desenvolvimento regional de soluções móveis como nos processos de remarketing.

 

Mas o que englobará o 5G?

 

A quinta geração de tecnologia móvel permitirá downloads mais rápidos e conexões mais eficazes. Esse poder será baseado em um melhor uso dos recursos de banda larga, que por sua vez podem ser combinados para criar soluções personalizadas com maior confiabilidade e capacidade de rede.

 

Além disso, o 5G também revolucionará o marketing e o segmento de mídia em geral, aumentando consideravelmente o consumo de vídeos online. As plataformas projetadas para o desenvolvimento de realidade aumentada e realidade virtual crescerão e melhorarão. O nicho de game também será alcançado, já que os serviços de streaming serão aprimorados e haverá maior otimização de download e economia de dados.

 

Quanto à internet das coisas, a nova geração de tecnologia móvel proporcionará melhorias na conectividade, o que permitirá respostas e soluções mais dinâmicas a partir dos dispositivos que estão em casa, em empresas ou prédios inteligentes.

 

“Embora o 5G seja lançada em escala por alguns anos, o foco para desenvolver o negócio na América Latina já está avançado, através de contatos com diferentes operadoras que permitirão aos países da região aderir ao fenômeno global”, completou Francesco.

 

Nos próximos meses, espera-se que as empresas mais importantes comecem a lançar seus dispositivos compatíveis com o 5G, o que ajudará com que seu uso seja adotado em maior escala, com o objetivo de ter um mundo mais inteligente e interconectado.

 

 

>> Panorama