>> Mercado

Edenred Brasil acelera entrega de projetos com modelo Ágil

Com apoio da Stefanini, companhia especializada em soluções transacionais, evoluiu sua plataforma de gerenciamento de consumo de combustível de frotas e disseminou modelo para entrega de resultados com foco em inovação

Por: Redação, ⌚ 12/01/2018 às 15h45 - Atualizado em 12/01/2018 às 15h45

A Edenred, companhia de soluções transacionais para empresas, empregados e comerciantes e detentora das marcas Ticket, Ticket Log, Repom, Accentiv’ e Edenred Soluções Pré-Pagas, convidou a Stefanini para auxiliar na evolução da sua plataforma de gerenciamento de consumo de combustíveis de frotas, disseminar a cultura de desenvolvimento e gestão baseada nos princípios Lean e Ágil.

 

Batizado de Revolução Ágil Stefanini, esse modelo de transformação é normalmente aplicado em projetos de desenvolvimento e manutenção complexos, que precisam de um framework adequado para organizar o trabalho. A ideia é entregar valor ao cliente mais cedo, de forma transparente, absorvendo mudanças e realizando adaptações ao longo do caminho, com entregas e feedbacks regulares.

 

A Edenred passa por um momento de grande transformação com foco em metodologias ágeis e ações que fomentem a inovação. Antes da parceria com a Stefanini, a empresa já possuía uma operação de desenvolvimento de software estruturada e baseada em princípios ágeis. O desafio era aumentar a escala de desenvolvimento para atender a múltiplas demandas de natureza e escopo distintos, melhorar ainda mais a produtividade e eficiência, sem perder a qualidade de suas entregas. Ou seja, expandir e industrializar, mantendo o que já havia conquistado em termos de qualidade.

 

“Capacitamos o time de projetos e, assim, começamos nossa jornada com métodos ágeis em 2015. Era um período importante de transformação para nós e, em meados de 2016, houve a oportunidade de iniciar uma parceria com a Stefanini. Sentimos que ainda poderíamos mudar mais a forma de entregar projetos e decidimos, junto com a multinacional brasileira, experimentar uma nova forma de trabalhar. Vimos nesta parceria uma oportunidade para produzir em larga escala e, ao mesmo tempo, validar se realmente era possível terceirizar o desenvolvimento de sistemas utilizando métodos ágeis”, explica Dennis Santoro Soares, gerente de desenvolvimento de sistemas para América Latina da Edenred.

 

A solução oferecida pela Stefanini auxilia a Edenred Brasil a disseminar a cultura de desenvolvimento e gestão ágil em seus projetos, além de ganhar escala no crescimento das aplicações, com modelos de entregas incrementais orientados ao valor de negócio e ROI (Retorno sobre o Investimento). “O trabalho dos times já está em operação dentro da estrutura Digital da Stefanini. Para não colocar em risco a operação, a transferência de serviços da Edenred Brasil foi realizada em ‘ondas’. Neste momento, os times de desenvolvimento e de sustentação de sistemas da plataforma de cartões e sistemas corporativos estão operando neste modelo”, conta Leonardo Camargo, diretor de Serviços e Desenvolvimento de Aplicações da Stefanini. “Terceirizar não signific a afastar os times, reduzir ou colocar em risco o compromisso com os resultados. Nosso contato com as pessoas da Edenred Brasil é intenso e diário, a fim de manter o nível de sinergia e integração das equipes”, complementa.

 

Segundo o executivo, a dinâmica de trabalho adotada entre Edenred Brasil e Stefanini passa por constantes evoluções, que buscam amadurecimento e êxito no processo de interação com a área de soluções digitais da Stefanini. “Continuamos a desenvolver softwares de forma consistente, obtendo resultados significativos, entregando valor aos clientes da Edenred e, ao mesmo tempo, atingindo as metas pré-estabelecidas. Nos últimos três meses, não houve registros de incidentes após implantações em ambientes produtivos”, comemora Dennis Santoro Soares.

 

Em 2018, com o apoio da Stefanini, a Edenred Brasil pretende criar ainda mais flexibilidade no desenvolvimento e implantação de soluções sob demanda, por meio do escalonamento de recursos de forma pontual, adotar indicadores para todo o ciclo de desenvolvimento, com foco em produtividade, bem como investir em ferramentas de automação.

 

>> Panorama