>> Mercado

Diebold Nixdorf expande portfólio para setores de Finanças e Varejo

Empresa anuncia lançamentos de soluções para automatizar, digitalizar e transformar as experiências de compras e transações bancárias; operação brasileira representa uma das maiores operações no mundo

Por: Redação, ⌚ 02/12/2019 às 14h40 - Atualizado em 02/12/2019 às 14h40

A Diebold Nixdorf comemora os resultados conquistados em 2019. A empresa consolida atuação e expande seu portfólio com o lançamento soluções para automatizar, digitalizar e transformar as experiências de compras e transações bancárias. “Estamos muito animados com os resultados e o crescimento dos negócios no Brasil, país que já representa uma das maiores operações da Diebold Nixdorf no mundo”, comemora Elias Rogério da Silva, CEO da Diebold Nixdorf Brasil.

 

A subsidiária brasileira tem se tornado cada vez mais relevante para os resultados globais da Diebold Nixdorf. Prova disso, é que a operação local responde por cerca de 5% do faturamento global. Comparativamente com outras companhias de tecnologia, a região latino-americana costuma responder por 3% dos faturamentos globais no setor de TI. No caso da Diebold Nixdorf, só o Brasil já supera essa marca.

 

No Brasil, a Diebold Nixdorf possui 51% dos caixas eletrônicos em operação e oferece um dos mais completos portfólios de soluções integradas que conectam os canais físico e digital de forma conveniente, segura e eficiente para milhões de consumidores todos os dias. Com apoio de uma equipe composta por cerca de 3 mil colaboradores, a Diebold Nixdorf atua nacionalmente com mais de 30 escritórios e possui duas unidades fabris em Manaus (AM) e o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento localizado em Indaiatuba/SP, para estudo e criação de novas tecnologias.

 

Focada em inovação, a Diebold Nixdorf está sendo amplamente reconhecida pelo mercado brasileiro pela tecnologia de ponta que oferece com a quarta geração de recicladores, denominada RM4. Com a solução, é possível identificar eletronicamente notas inseridas em ATMs para depósito bancário, realizar transações em tempo real e disponibilizar cédulas para saque, de forma rápida e segura.

 

Uma das principais preocupações e custos dos bancos e operadores de caixas eletrônicos é a segurança no abastecimento e no controle das movimentações dos terminais, incluindo questões como a guarda de valor e a logística, por exemplo. Com a tecnologia RM4, pode-se obter uma grande economia por reduzir drasticamente as variáveis desses processos, otimizando a gestão do dinheiro e das operações de forma automática e totalmente integrada à rede geral.

 

Internacionalmente, a Diebold Nixdorf também está crescendo em ritmo acelerado. No terceiro trimestre de 2019, registrou 25,5% de aumento de receita, comparando com o mesmo período do ano anterior. Além disso, atingiu a marca de mais de dois milhões de PDVs e ATMs instalados no mundo, fazendo com que um em cada três caixas eletrônicos em funcionamento no planeta leve a sua marca.

 

>> Panorama