>> Mercado

2017 é o ano do analytics, diz Gartner

O uso dessa tecnologia aumentará substancialmente neste ano, gerando valor interno e externo para as organizações que se prepararam para essa mudança

Por: Redação, ⌚ 14/06/2017 às 15h54 - Atualizado em 14/06/2017 às 15h54

O Gartner afirma que os profissionais de TI precisam, para sustentar um mundo de Data e Analytics aplicados a tudo e criar uma nova arquitetura completa com foco em agilidade, escalabilidade e experimentação. Atualmente, as disciplinas estão convergindo e abordagens de Data & Analytics estão se tornando mais integrais, abrangendo o negócio por completo.

 

Segundo o instituto, o valor gerado deixará as empresas menos preparadas para trás em todos os fatores, desde Analytics de consumidores e monetização de dados até planejamento operacional e outras atividades.

 

O Gartner também destacou três tendências principais que guiarão essa mudança. Primeiro, Data & Analytics nortearão as operações modernas de negócios e não apenas refletirão o seu desempenho. Segundo, as organizações adotarão uma abordagem mais integral, com arquiteturas completas que permitirão o gerenciamento de dados e Analytics da empresa como um todo. Por fim, os executivos farão com que Data & Analytics se tornem parte de sua estratégia, o que possibilitará aos profissionais da área assumir novos papéis e gerar crescimento aos negócios.

 

Mudar a forma como a organização utiliza Data & Analytics para guiar as operações de negócios exige uma nova abordagem de arquitetura de dados, o que muitas empresas já estão construindo. Pesquisas do Gartner do último ano mostram que 45% dos profissionais de TI indicaram que novos projetos de Data & Analytics estavam em fase de elaboração ou seleção.

 

“No entanto, a maioria das arquiteturas de dados já existentes não está pronta para o futuro de Data & Analytics. Os negócios digitais exigem arquiteturas personalizadas e com flexibilidade de adaptação a uma organização que aumente seus dados e experimentos. A rápida escalabilidade da infraestrutura de computação em Nuvem pode tornar isso possível. Não é mais uma questão de ‘se’ para o uso de Cloud, mas sim de ‘como’”, explica Ted Friedman, Vice-Presidente e Analista Emérito do Gartner.

 

Os profissionais da área também precisam adotar os novos papéis criados por esse aumento na demanda e desenvolver habilidades técnicas e profissionais que sustentem a visão de arquitetura completa. Eles podem agir como pioneiros, expandindo habilidades e técnicas comprovadas dentro das novas unidades de negócios e áreas da organização.

 

“Conforme a adoção de Data & Analytics se torna cada vez mais ampla, o potencial de crescimento de negócios não é mais apenas cumulativo, mas verdadeiramente exponencial. Aqueles que falharem em agir hoje sofrerão não só em 2017, mas também limitarão seriamente seu potencial de crescimento de 2018 em diante, uma vez que os resultados do aumento de insights, responsividade e eficiência se tornam uma bola de neve”, completa Friedman.

 

>> Panorama