>> Indústria

Marilan implementa SAP S/4 HANA de olho no crescimento

Substituição do sistema de gestão permitiu integração de processos e impactou em aumento da produtividade na operação da segunda maior fabricante de biscoitos do Brasil

Por: Redação, ⌚ 29/04/2019 às 15h25 - Atualizado em 29/04/2019 às 15h25

A Marilan, completou a implementação do sistema de gestão SAP S/4 HANA como parte do processo de reestruturação operacional para dar suporte à estratégia de crescimento da empresa. Concluído depois de oito meses, a tecnologia permitiu à Marilan redesenhar e integrar 1039 processos de negócios ao novo ERP, com recursos simplificados, maior eficiência operacional e controle gerencial, a partir de informações confiáveis e disponíveis em tempo real para tomada de decisões.

 

A marca tinha o desafio de substituir o ERP antigo por uma solução mais eficiente, que pudesse dar suporte para a estratégia de avanço dos seus negócios. Para isso, a adoção do SAP S/4 HANA foi dividida em três etapas: preparação, implantação e treinamento para contemplar todos os processos de negócios da empresa, sem a necessidade de interromper a operação e com toda a segurança.

Para Geraldo Pereira Junior, Gerente de TI da Marilan, a simplificação do ambiente tecnológico, proporcionada pela integração dos processos, reduziu em torno de 20% os custos com manutenção do parque de tecnologia.

O principal benefício, segundo o executivo, foi a integração entre os diferentes departamentos da empresa. “Conseguimos trazer áreas que trabalhavam de maneira isolada para dentro de um contexto integrado de negócio, com menos complexidade de gestão e menos dependência da TI. Temos as bases para um crescimento sólido e contínuo”, explica.

 

Após a conclusão, os impactos incluem aumento da produtividade, gerado pela integração de processos. A Marilan também reduziu os custos operacionais com despesas de licenciamento do SAP se comprado com o sistema anterior.

 

“Um dos diferenciais do SAP S/4 HANA, que fica evidente nos ganhos obtidos pela Marilan, é a simplificação dos processos, que permite que as equipes gastem menos tempo com o operacional e possam se dedicar mais tempo à tarefas estratégicas, apoiadas em informações consistentes que permitem planejar e executar, em alinhamento com os objetivos de negócios de suas áreas” explica Rui Botelho, Vice-Presidente da área de Digital Core da SAP Brasil.

 

>> Panorama