>> Indústria

Fabricante Killing amplia parque de servidores

Tradicional química que tem 55 anos de história na indústria em colagem e pintura investiu em tecnologia Lenovo a fim de garantir um parque tecnológico estável e robusto

Por: Redação, ⌚ 03/08/2018 às 17h21 - Atualizado em 03/08/2018 às 17h21

A Killing, tradicional química que tem 55 anos de história na indústria em colagem e pintura, amplia a parceria com a Lenovo. Após o excelente resultado gerado pela primeira fase do projeto, a Killing aprimora sua base ao investir na em servidores ThinkSystem DS6200 Storage Array da Lenovo. Os novos sistemas garantirão um parque tecnológico estável e robusto, a fim de aprimorar a experiência do usuário e suprir o aumento de demandas.

 

A iniciativa proporcionou a agilidade requeridas em uma das principais áreas de negócios da Killing que, após um crescimento expressivo nos últimos anos, se deparou com diversos desafios para atender o volume das transações, como a demanda para a geração de relatórios (ERP). A linha ThinkSystem entrega a confiabilidade que a Killing necessita para levar uma melhor experiência a uma das principais áreas de negócio da companhia.

 

“Após a implementação da solução, tivemos ótimos resultados de performance e estabilidade. Além disso, conseguimos reduzir o tempo de processamento de dados, o que gerou uma melhoria significativa nos departamentos, deixando nossas operações mais ágeis e estáveis, reduzindo no tempo de backup como um todo”, explica Diego Böck, analista de Armazenamento e Redes da Killing.

 

Essa implementação consolida a parceria entre as companhias, que começou com a aquisição pela Killing dos servidores Lenovo System-x 3650, para atualizar parte do processamento de dados da empresa. Os novos DS6200 Storage Array chegam para completar a modernização, e garantir que a infraestrutura de TI possa suportar as operações hoje e no futuro.

 

 

>> Panorama