>> Indústria

BRF expande vida útil do processamento de dados

Com redução em 20% no tempo de recuperação de servidores, companhia também reduziu custos com novos equipamentos e aumentou a segurança do ambiente de TI

Por: Redação, ⌚ 13/02/2020 às 11h09 - Atualizado em 13/02/2020 às 11h09

A BRF estabeleceu o uso de uma solução simples e efetiva em parceria com a Systems para garantir o suporte ao hardware de servidores.  A utilização dos serviços foi iniciada por meio da recuperação de dados armazenados em mídias da BRF, trabalho que a Systems finalizou em 10 dias com a decodificação e extração de um volume de cerca de 30 GB de informações. Com isto, foi eliminada a necessidade de alocar recursos mais complexos, gerando economia, agilidade e eficiência no acesso ao histórico da companhia, proporcionando o atendimento de demandas legais.

 

“São diversos serviços específicos e personalizados de manutenção de equipamentos críticos de TI que podemos contar com todo o suporte. Já contabilizamos ganho de no mínimo 20% no tempo de recuperação destes ambientes”, conta Alexandre Broleze, Coordenador de Infraestrutura e Operações de TI da BRF.

 

Outros ganhos foram percebidos pela BRF após a parceria, como economia de tempo para a equipe de TI assumir novas responsabilidades, redução de custos com pessoal e aquisição de novos equipamentos, além do benefício de um atendimento especializado proporcionado por um profissional técnico que, ao longo do tempo, se torna um parceiro de confiança.

 

“Nos conectamos à BRF a partir do momento em que fomos vistos como um parceiro estratégico, capaz de oferecer serviços de TI de maior complexidade, além de ter uma atuação abrangente que garante suporte técnico para equipamentos de diversos fabricantes. Daí em diante, a BRF, que tem a inovação em seu DNA, passou a contar com um fornecedor com alta aderência a essa filosofia”, garante Christian Cheua, Gerente de Negócios da A Systems.

 

Atualmente, a A Systems realiza a manutenção de dezenas de equipamentos utilizados pela BRF em unidades fabris localizadas de norte a sul do Brasil. Mesmo com a estratégia da BRF de transformação digital, adoção de cloud computing e outras tecnologias, parte dos equipamentos e sistemas ainda precisam ser mantidos. Alguns deles contabilizam ao menos 15 anos de uso e servem para consulta de histórico por departamentos como RH, Contabilidade e Fiscal.

 

 

>> Panorama