>> Governo

Valid aplica soluções inéditas em RG digital

O aplicativo, que inicialmente é de uso exclusivo para policiais civis do Estado de São Paulo, está disponível nas plataformas Android e iOs e funciona como uma carteira digital de documentos de identificação com uso da biometria facial

Por: Redação, ⌚ 17/01/2020 às 10h24 - Atualizado em 17/01/2020 às 10h24

Avançando na transformação digital de documentos de identificação, a Valid desenvolveu o novo RG digital para o Estado de São Paulo. Em formato de aplicativo, a solução complementa a oferta do documento físico que já é emitido pela companhia e em breve será disponibilizado pelo Instituto de Identificação Ricardo Gumbleton Daunt (IIRGD) para toda a população do Estado.

 

O documento, na versão para dispositivo móvel, possui componentes inéditos. De forma simples, a partir da leitura do QR Code impresso no verso do documento em papel, através do aplicativo, é possível verificar pelo próprio smartphone a autenticidade de qualquer documento de identidade – físico ou digital – expedido em São Paulo. A consulta também pode ser feita ao digitar diretamente o respectivo número da cédula no app.

 

De acordo com Marcello Ribeiro, diretor de Identificação da Valid, a evolução tecnológica do RG digital permite, além do serviço de identificação, uma ótima experiência digital. “Seguimos avançando com o portfólio em termos de emissões de RGs e outros serviços biométricos. A intenção é ampliar o acesso a documentos de identificação com os melhores padrões de tecnologia”, avalia Marcello.

 

Graças ao uso dos certificados de assinatura digital, o aplicativo afere a autenticidade, autoria e integridade das informações biográficas e biométricas apresentadas no documento digital, seguindo as normas e padrões da ICP-Brasil – Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira. A segurança do dispositivo é reforçada com a introdução de um QR code dinâmico, que garante a verificação da legitimidade do documento digital contra tentativas de clonagem.

 

Para Márcio Nunes, CTIO da companhia, foi construído um elo perfeito entre a versão física e a digital. “Estabelecemos uma relação muito positiva entre os dois tipos, garantindo muito mais segurança na criação e ativação deste documento em dispositivos móveis”, destaca.

 

>> Panorama