>> Governo

Agência Espacial Europeia firma acordo com Atos

Parceria trará nova plataforma Copernicus, que combina dados geográficos do maior programa de observação da Terra, com dados de várias fontes e os transformará em produtos de informação para empresas

Por: Redação, ⌚ 08/08/2018 às 15h05 - Atualizado em 08/08/2018 às 15h05

A Atos foi selecionada pela Agência Espacial Europeia (ESA) para fornecer e gerenciar o Serviço de Acesso a Dados e Informações do Copernicus, o maior programa de observação do planeta Terra. O serviço combina dados geográficos em tempo real do Copernicus, com dados de várias fontes e os transformará em produtos de informação para empresas em setores como indústria, seguros, serviços públicos, agricultura, silvicultura, planejamento urbano e serviços de emergência.

 

Esses novos serviços podem ajudar, por exemplo, cientistas a entenderem o impacto da mudança climática, governos e cidades a administrar melhor e antecipar o desenvolvimento urbano, empresas de petróleo e gás a avaliar e gerenciar riscos, agricultores a gerenciar melhor suas colheitas e produção.

 

Uma plataforma aberta dedicada à inovação

 

A Atos será responsável pela integração, entrega e operação da plataforma de nuvem que integrará fontes de dados especializadas. A nova plataforma tornará mais acessíveis os dados da constelação de satélites Sentinel da União Europeia e dos provedores de dados. Isso possibilitará que terceiros (agentes industriais, instituições como agências espaciais nacionais, PMEs e startups) criem serviços empresariais inovadores baseados em dados de satélite, integrar facilmente dados de observação da Terra em suas cadeias de valor comerciais, permitindo-lhes obter perspectivas que antes não eram possíveis. A Atos, juntamente com seus parceiros, projetará e comercializará esses novos serviços.

 

“Temos investido nesta oferta há vários anos para ajudar organizações científicas, organizações públicas e empresas de todos os tamanhos a se beneficiarem da integração de grandes quantidades de dados de Observação da Terra com fontes de dados de terceiros”, disse Stéphane Janichewski, diretora dos Mercados Aeroespacial e Defesa da Atos. “Vemos imensas oportunidades para abordarmos alguns dos maiores desafios da sociedade, como a proteção da vida selvagem, a mudança climática ou a escassez de recursos.”

 

>> Panorama