>> Finanças

Banco Votorantim investe em solução hiperconvergente

Projeto inclui dez máquinas Nutanix em 250 servidores físicos, com 10 nós e 68,5 TB de discos instalados que aumentam desempenho do ambiente de TI em 30%

Por: Redação, ⌚ 20/09/2018 às 18h14 - Atualizado em 20/09/2018 às 18h14

A Nutanix anunciou parceria com o Banco Votorantim para centralizar servidores e armazenamento como parte de um ambiente de não produção, em um dos componentes da iniciativa de projetos de infraestrutura. O banco, que conta com negócios institucionais e no varejo (financia aproximadamente 25% dos veículos leves usados do mercado brasileiro), desde a implantação da Nutanix, registrou aumento de 30% no desempenho do ambiente migrado e redução de 50% na melhora no tempo de entrega de servidores virtuais no ambiente de não produção.

 

Com infraestrutura de TI tradicional e armazenamento dedicado, o Banco Votorantim decidiu atualizar e complementar sua arquitetura. Como uma empresa que avalia constantemente inovações no mercado, a equipe adotou a hiperconvergência para obter o equilíbrio perfeito entre a infraestrutura tradicional e a nuvem pública.

 

Depois de comparar com outras três plataformas, testando o desempenho, avaliando o suporte dos parceiros e estudando os resultados do Quadrante Mágico do Gartner, a Nutanix foi selecionada e implementada pela parceira Servix. A empresa instalou dez appliances Nutanix em 250 servidores físicos (representando 4% do parque instalado na instituição financeira), com 10 nós e 68,5 TB de discos instalados.

 

O objetivo inicial de implementação, iniciado em janeiro deste ano, foi logo alcançado: simplificação dos processos operacionais. Com a arquitetura tradicional, o banco exigia que profissionais de quatro equipes (redes, armazenamento, virtualização e operações de servidor) gerenciassem o ambiente. Com a Nutanix, agora apenas uma equipe (virtualização) faz todo o trabalho. Assim, com menos dependência de várias equipes, a instituição financeira conseguiu agilizar processos, reduzir significativamente o tempo de execução e usar clones para economizar espaço em disco.

 

Dois meses após o início do projeto, foram alcançadas reduções do footprint, bem como aumento de 30% no desempenho, quando comparado a infraestrutura anterior. Por exemplo, as equipes de TI internas que entregavam máquinas em três semanas, agora demoram apenas quatro dias. Além disso, a instituição economizou aproximadamente R$ 250 mil com 20TB de armazenamento migrado de flash para Nutanix em relação a solução anterior utilizada.

 

“Desde a implantação da solução Nutanix, temos dois objetivos importantes: implantar uma iniciativa formal de DevOps para melhorar a experiência de entrega de serviços e otimizar a administração”, destaca Marcus Magalhães, Gerente Executivo da área de Suporte Técnico do Banco Votorantim.

 

Os clientes finais desfrutam de melhor desempenho e tempos menores de entrega, possibilitando uma grande diminuição das dificuldades de manutenção e aumentando a qualidade do trabalho. Nas próximas avaliações, quando o banco decidir se atualizará os appliances Nutanix, o banco considera iniciar uma arquitetura devOps para produção, que reduzirá o ambiente legado e liberará espaço em disco com o uso de clones.

 

“Nosso objetivo é sempre oferecer a melhor experiência. É gratificante perceber que ajudamos o Banco Votorantim a atingir suas metas, reduzir custos, otimizar processos e agilizar as operações. Estamos muito felizes com a experiência, e agora, construindo juntos novas metas da equipe de TI para levar suas operações ao próximo nível de excelência com a Nutanix “, comenta Leonel Oliveira, gerente geral da Nutanix no Brasil.

 

>> Panorama