>> Destaque - Varejo

Zôdio desembarca oficialmente no Brasil, pautada no digital

Com recursos de self checkout, aplicativo e gestão integrada, marca francesa abre as portas em São Paulo e foca no compartilhamento de experiências para encantar os brasileiros

Por: Léia Machado, ⌚ 05/12/2017 às 16h34 - Atualizado em 05/12/2017 às 16h34

Há exatos dez anos, a Zôdio inaugurava a primeira loja na França. Prima da Leroy Merlin e parte do Grupo Adeo, a casa rosa é voltada para o bem-estar dos clientes (habitantes, como a marca costuma chamar), organização da casa e de festas, além de potencializar o máximo do DIY (do it yourself, faça você mesmo). Hoje, 05, a varejista desembarca oficialmente no Brasil – em São Paulo – e traz uma proposta diferente, com foco não só na experiência do cliente, mas também no convívio mais próximo junto ao consumidor, além de fomentar o empreendedorismo entre as artesãs brasileiras.

 

A loja está na parte superior da megaloja da Leroy Merlin, que também foi inaugurada hoje. A unidade foi completamente reconstruída e passa a ter 22 mil metros quadrados para proporcionar a melhor experiência de compras, seja nas lojas físicas, pelo comércio eletrônico ou por meio da plataforma interativa, via smartphone.

 

Aliás, a tecnologia é um dos pilares dessas iniciativas e inovação, justamente para ter sistemas integrados com o papel de otimizar a operação das varejistas. Enquanto a Zôdio conta com self checkout para pagamentos e um aplicativo que foca no compartilhamento de experiência entre os consumidores, além de acúmulo de pontos que podem ser trocados em produtos e serviços, a Leroy Merlin apostou no digital com recursos de realidade virtual.

 

No site da varejista, o consumidor pode desenhar seu projeto no sistema de forma mais intuitiva, ao chegar na loja, o vendedor acessa o projeto e faz a consultoria geral. Assim que aprovado pelo cliente, a compra é finalizada e o meio de pagamento pode ser feito ali mesmo, via smartphone.

 

Outro recurso é a realidade virtual, em que o cliente pode colocar os óculos na loja e ver como ficará seu projeto. “Não podemos implementar uma transformação digital só por fazer, essa mudança precisa entregar um valor para nosso consumidor”, destaca o diretor geral da Leroy Merlin no Brasil, Alain Ryckeboer.

 

Na Zôdio, todo sistema está em nuvem e integrado, da a gestão ao estoque. “Contamos com o parceiro TOTVS para nos ajudar a construir uma loja eficiente e moderna. Nossa prioridade era contar com um player de TI nacional, que soubesse lidar bem com a complexidade fiscal do Brasil”, completa Gauthier Lenglart, diretor geral da Zôdio Brasil.

 

 

A loja conta com diversas demonstrações, áreas de experiências para teste de produtos e uma agenda de cursos e workshops no Zôdio Fabrik, um espaço para os consumidores e empreendedores desenvolverem suas próprias criações. São mais de 20 mil itens diferenciados incluindo acessórios para casa, crianças, artigos pessoais, festas e arte.

 

Na megaloja da Leroy Merlin, o consumidor encontra ainda o recurso Clique e Retire, em que a compra pode ser feita online e retirada na loja física. E até o final de dezembro, a marca disponibilizará um aplicativo de serviços de instalação, com cadastro de prestadores que podem atender os clientes que compraram produtos na loja.

 

>> Destaques