>> Destaque - Finanças

Setor financeiro sem medo de inovar

O protagonismo dos bancos pode ser colocado em cheque? O segmento que pulsa tecnologia vem vivendo uma grande mudança de mindset, o que exige uma transformação totalmente pautada no digital

Por: Redação, ⌚ 14/06/2018 às 16h55 - Atualizado em 14/06/2018 às 16h55

O setor referência mundial em robustez tecnológica busca novas estratégias para se manter no protagonismo da transformação digital. Sim. As instituições financeiras, sejam elas grandes ou pequenas, de varejo ou digitais, estão diante do desafio em se reinventar no modelo de negócio e ir além da entrega de produtos e serviços. A experiência é um fator fundamental para o cliente, principalmente quando ela está alinhada ao smartphone.

 

O protagonismo do setor de Finanças talvez não esteja abalado, ainda, mas já emite sinais de alertas para aqueles que estão apenas na fase de planejamento. Iniciativas, projetos e testes devem andar em paralelo ao tradicional. Até porque, medo é uma palavra que não combina com as empresas financeiras, contar com as novas tecnologias não é uma opção, faz parte do jogo. O negócio pede, o cliente pede.

 

Logo, aqueles R$ 19,5 bilhões investidos em tecnologia no ano passado deverão ultrapassar as barreiras do mais do mesmo – hardwares, softwares e telecom – e ter uma parcela direcionada às iniciativas em Inteligência Artificial, Machine Learning, Blockchain, Internet das Coisas e Analytics.

 

E é sobre esse cenário de transformações diárias que a essa edição da Decision Report Finanças destaca a jornada da indústria financeira para o digital. Da entrevista com o CIO e COO do Banco Original aos conteúdos focados em cloud computing e segurança cibernética, o conteúdo traz um panorama do setor e o que podemos esperar das instituições financeiras.

 

Baixe a revista e boa leitura!

 

>> Destaques