>> Destaque - Finanças

Setor financeiro aposta em IA, IoT e blockchain para colocar o cliente no centro dos negócios

Além disso, o 5G deve impulsionar ainda mais novos serviços e produtos integrando grandes ecossistemas das cadeias de valor da economia nacional, impulsionados pelo Open Banking

Por: Paula Zaidan, ⌚ 11/06/2019 às 13h40 - Atualizado em 14/06/2019 às 15h05

Durante a abertura da 29ª edição do CIAB FEBRABAN – Congresso e Exposição de Tecnologia da Informação das Instituições Financeiras, que aconteceu entre 11 a 13 de junho, em São Paulo, um dos destaques comentados por Maurício Minas, vice-presidente do Bradesco, é a aplicação da Inteligência Artificial, blockchain e IoT cada vez mais presente em produtos e serviços ofertados aos clientes. Paralelamente, ele também aponta o Open Banking como um dos grandes avanços do setor financeiro e o 5G como meio para avançar cada vez mais em ecossistemas das cadeias de valor em todos os segmentos da economia.

 

Por meio dessas tecnologias e o crescimento do uso do mobile banking, o setor acredita que há um novo movimento na bancarização, uma vez que os bancos já oferecem serviços de pagamento para pessoas sem conta corrente com produtos mais simples. “Um dos grandes avanços foi o lançamento da nova plataforma de boletos em 2018, reduzindo as fraudes. Nesse ano, vamos incluir 7 milhões de boletos. Ao todo, o projeto envolveu 83 bancos”, destaca Murilo Portugal, presidente da FEBRABAN.

 

Sob o tema “Conectado com o Cliente, Contribuindo para a Sociedade”, o evento irá mostrar como o consumidor vivencia e se relaciona com o universo bancário. Afinal, o mundo digital e as mídias sociais criaram um novo benchmarking, que precisa ser igualado por praticamente todas as indústrias. O foco passou a ser o cliente.

 

“O setor passa por uma grande transformação e os bancos têm apostado nas fintechs como parceiras numa relação de aprendizado. Enquanto as startups oferecem soluções do dia-a-dia, os bancos terão produtos e serviços mais aprofundados”, acrescenta Portugal.

 

E a tecnologia é a ferramenta que possibilita essa maior interação entre consumidores e bancos. No evento, estarão em discussão temas como blockchain, open banking, inovação, fintechs e startups, serviços de tecnologia, regulação, meios de pagamentos, seguros, futurismo, segurança e cibersegurança, a jornada do cliente e os provedores de soluções e negócios.

 

“O CIAB FEBRABAN é um fórum de discussão não apenas das tendências da tecnologia, mas também de sua aplicação de forma mais ampla: nos modelos de negócios, nos meios de pagamento, no atendimento e no relacionamento com os clientes, nas transferências bancárias, entre outras finalidades”, afirma Gustavo Fosse, diretor de setorial de Tecnologia e Automação Bancária da FEBRABAN.

 

“Na edição anterior, em 2018, o evento contou com mais de 23 mil visitantes, e novamente esperamos registrar essa marca de público”, acrescenta o executivo. Os mais de 180 expositores reunirão empresas multinacionais, startups, companhias internacionais e fornecedores de diferentes soluções tecnológicas para o mercado financeiro e bancário. Além da participação de grandes e reconhecidas multinacionais, o Lounge Fintech, integrado à exposição, reunirá startups em um ambiente propício para o networking com os executivos do setor.

 

Interoperabilidade e inovação 

 

Maurício Minas anunciou o lançamento de uma plataforma de conteúdo prevista para setembro deste ano denominada digital Noomis, em parceria com a Wipro, que entrará no ar em setembro, um ponto de conexão entre pessoas e empresas do setor financeiro com interesse na evolução tecnológica. A criação da Noomis foi uma forma que os responsáveis pelo evento de TI encontraram para democratizar o conteúdo do congresso ao longo de todo o ano por meio de análises, reportagens, blogs, vídeos, podcasts e newsletters.

 

A Noomis vai reunir os profissionais e especialistas mais relevantes da área e será uma comunidade para incentivar o encontro de experiências, divulgar tendências, aprofundar conhecimentos, gerar networking e novas possibilidades de negócios. O estande da plataforma digital está localizado logo na entrada do CIAB FEBRABAN.

 

Startups

 

O evento promoveu, ainda,  4ª edição do Fintech Day, um dos mais importantes encontros entre instituições financeiras e fintechs do Brasil. Neste ano, o campeonato conta com 40 startups selecionadas para participarem do evento, mais do que o dobro registrado no ano passado, sendo 35 brasileiras e 5 internacionais – do Canadá, Inglaterra, México e duas de Israel. O objetivo da competição é identificar startups que tenham sinergia e potencial para colaborar com bancos, seguradoras e instituições financeiras.

 

Das 40 fintechs, o júri do evento selecionará dez para um campeonato em 13 de junho. Segundo a organização, as cinco melhores avaliadas poderão fazer reuniões com pelo menos três líderes de bancos. Já representantes das três fintechs melhores avaliadas pelo júri ganharão passagem e hospedagem para participar do estande do CIAB FEBRABAN no congresso Money 2020, que ocorrerá em outubro, em Las Vegas.

 

Com a temática “Entender para atender melhor os clientes na era da economia analítica”, o CIAB FEBRABAN promove pela terceira vez o Hackathon, uma maratona de 48 horas, realizada no último final de semana, voltada a pessoas que tenham ideias de soluções disruptivas para o mercado financeiro. Os quatro grupos finalistas foram premiados com ingressos para os três dias do congresso e poderão demonstrar suas soluções em um dos balcões de exposição durante o evento. A final do Hackathon está programada para hoje (11). A equipe vencedora terá direito a duas reuniões com lideranças de grandes bancos para apresentar seu projeto, além de cinco notebooks, US$5.000 em créditos para uso na plataforma AWS e ingressos para assistir o Brasil na Copa América.

 

 

>> Destaques