>> Destaque - Mercado

Oracle inaugura no Brasil a Nuvem da Próxima Geração

Sky, Grupo Porto Seguro, Makro, VLI Logística e outros clientes recebem a plataforma de infraestrutura de nuvem, que permite inovação enquanto se conectam à rede global da companhia

Por: Redação, ⌚ 07/08/2019 às 15h53 - Atualizado em 07/08/2019 às 15h53

Para apoiar a crescente demanda dos clientes globalmente, a Oracle anunciou hoje que a sua nuvem Generation 2 estará disponível no Brasil até o final de agosto de 2019, em São Paulo. Este anúncio está sendo feito em paralelo a outras três localidades neste mês (Índia, Suíça e Austrália), e faz parte dos planos da empresa de ter 19 regiões contempladas até o fim do ano. Agora clientes e parceiros no Brasil podem aproveitar o poder de Oracle Cloud e de serviços, como o Oracle Autonomous Database para incentivar a inovação e impulsionar o crescimento dos negócios.

 

“Estamos atendendo às necessidades das empresas no país à medida que migram seus aplicativos empresariais e de uso intensivo de dados para a nuvem com inovação. Será a oportunidade de capacitar empresas de todos os tamanhos para que possam operar com segurança e redução de custos, além de ampliar seus negócios”, afirma Rodrigo Galvão, presidente da Oracle do Brasil.

 

Projetada para atender às necessidades das empresas, a infraestrutura Generation 2 Cloud da Oracle oferece tecnologia avançada, incluindo aplicativos baseados em Inteligência Artificial, segurança integrada em Machine Learning, análise automatizada e Oracle Autonomous Database, o primeiro banco de dados autônomo que criptografa dados, faz backup, se auto ajusta, atualiza e corrige automaticamente quando uma ameaça de segurança é detectada. Com a Oracle Cloud Infrastructure, os clientes se beneficiam da segurança de ponta, alto desempenho, precificação simples e previsível, além das soluções e conhecimento necessários para levar as cargas de trabalho corporativas à nuvem de maneira rápida e eficiente.

 

Mais de 430.000 clientes corporativos estão usando a Oracle em 175 países em todo o mundo, sendo mais de 800 empresas brasileiras usufruindo da infraestrutura de cloud da Oracle. Organizações em todo o país estão usando Oracle para gerenciar suas cargas de trabalho de missão crítica para aproveitar as economias que a nuvem oferece. Entre os clientes estão Sky, Makro, Grupo Porto Seguro, VLI Logística, Petz, MDias Branco, Hospital Alemão Oswaldo Cruz e muito mais.

A Sky quer levar entretenimento para as casas dos brasileiros. “Buscando um menor tempo de comercialização e menores custos, a Sky escolheu a Oracle Cloud Infrastructure. Além do alto desempenho da Oracle Cloud Infrastructure, a adoção do Oracle Autonomous Database simplificou os processos e permitiu atingirmos nossos clientes com a oferta certa. A Sky espera usar ainda mais a solução e levar toda sua infraestrutura para a nuvem”, afirmou André Nazaré, diretor de TI da Sky Brazil.

Já o Grupo Porto Seguro, formado por mais de 28 empresas atuantes em diversos segmentos, incluindo automóveis, residências, seguros, saúde e seguro de vida, cartão de crédito e muito mais. “A Porto Seguro está executando o Business Process Management na Oracle Cloud Infrastruture, apoiando o principal produto da empresa. A organização espera que novidade do Oracle Cloud no Brasil traga ganhos de desempenho, segurança e agilidade, permitindo testar novos serviços de forma rápida, escalável e competitiva”, disse Guilherme Dantas, coordenador de Arquitetura de TI da Porto Seguro.

A VLI, que interliga ferrovias, terminais e portos, e possui as melhores condições para atender com eficiência as principais regiões brasileiras produtoras de produtos e bens industrializados, siderúrgicos, agrícolas e minerais. “Presente em dez estados brasileiros e no Distrito Federal, VLI possui uma vantagem competitiva inigualável: capacidade, dinamismo e praticidade para fazer os mais diversificados produtos de seus clientes, em conexão direta com o fornecimento de matérias-primas e matérias-primas disponíveis. Manter o transporte dos clientes da empresa é o processo mais crítico e Oracle Cloud faz parte dessa jornada”, disse Renato Barbosa Moreira, gerente Executivo de Transformação e Inovação de TI da VLI.

O Makro, atacadista de cash-and-carry que oferece alimentos de qualidade e produtos não-alimentícios a preços competitivos, operando 165 lojas no Brasil, Argentina, Venezuela, Peru e Colômbia. “A ambição da Makro é ser o parceiro relevante para seus clientes e melhorar sua experiência de compra, oferecendo serviços que impulsionem seus negócios. A Oracle foi selecionada para mover todos os nossos servidores para a nuvem e agora executa os aplicativos e bancos de dados na Oracle Cloud Infrastructure. O Makro usa serviços como o Exadata Cloud Service na Oracle CIoud  Infrastructure e planeja alavancar as plataformas Serverless e Oracle Autonomous Database”, afirma Rafael Sanches Isabella, gerente de Operações de TIC do Makro.

 

Investimentos no Brasil

 

A Oracle está investindo em iniciativas de educação no Brasil por meio do Oracle University que promove treinamento e certificação de software em Oracle Cloud e on premise. Todo o treinamento é oferecido por equipe de especialistas da Oracle e disponibilizado em diversos formatos de aprendizado a qualquer hora e em qualquer lugar.

 

Além disso, a Oracle apoia a nova onda de empreendedores por meio do Oracle for Startups, programa exclusivo de aceleração que possibilita parcerias de negócios com benefícios mútuos para startups, clientes e Oracle. O programa cria um ciclo virtuoso de inovação combinando criatividade com recursos da empresa para fornecer soluções transformadoras para os clientes. Ele começa com a nuvem gratuita e se expande para uma rica colaboração com oportunidades de engajamento e a vasta rede de mentores, especialistas em produtos e clientes da Oracle.

 

A Oracle também investiu no Oracle Customer Innovation Labs, em São Paulo e Brasília, para trabalhar na transformação digital para os setores público e privado a fim de promover a inovação e co-criação de soluções baseadas em tecnologias emergentes e nuvem, como Internet das Coisas, Inteligência Artificial, Blockchain, entre outros, em conjunto com clientes e parceiros de negócios. Os laboratórios também incluem uma área reservada para prototipagem e demonstrações de realidade virtual, análise comportamental e big data.

 

>> Destaques