>> Destaque - Mercado

Motorola Solutions aposta em serviços como estratégia para 2018

No ano em que comemora nove décadas de atuação, companhia americana mira em Managed Services e afirma que área já corresponde a 40% do seu faturamento

Por: Alexandre Finelli, ⌚ 30/01/2018 às 15h58 - Atualizado em 30/01/2018 às 15h58

Em 2018, a Motorola Solutions comemora 90 anos com boas expectativas de mercado. Segundo Elton Borgonovo, presidente da companhia no País, 2017 foi um ano de expansão da base de clientes em diferentes verticais e regiões, entrando em áreas como automobilística e se firmando em Óleo e Gás, Papel e Celulose, além, claro, de crescer em Governo, seu principal campo de atuação. Para esse ano, a expectativa é otimista, especialmente no que diz respeito a área de Serviços.

 

“Atualmente, Serviços já correspondem a 40% do faturamento da companhia”, disse Borgonovo, mencionando que é a área que mais cresce na empresa. Durante encontro realizado hoje (30) com jornalistas na sede da empresa, em São Paulo, o presidente atribui esse aumento ao menor poder de investimento em infraestrutura.

 

Além do fator financeiro, Edson Trentini, diretor de Engenharia que está à frente de Serviços, atribui essa tendência mundial às empresas focarem apenas nos objetivos finais delas. Como exemplo, o executivo cita o case da CMPC, companhia especializada na produção e comercialização de produtos de madeira, papel e celulose.

 

“A CMPC tinha uma equipe inteira dedicada à radiocomunicação. Eles pegaram esse desafio interno e entregaram para a Motorola Solutions”, disse. Segundo Trentini, hoje toda essa área de comunicação é gerenciada por profissionais da companhia americana. “Colocamos as torres, os transmissores, os rádios, fazemos a monitoração 24×7 e disponibilizamos os técnicos que fazem todo o suporte necessário”, explica.

 

Na área de Segurança Pública, os contratos de destaque ficaram por conta da digitalização do sistema de rádio da Paraíba, que está em estágio final de instalação e irá cobrir todo o Estado, compondo uma das redes mais modernas do mundo no padrão TETRA. Outros acordos de sistemas de rádio digital aconteceram nos estados do Mato Grosso do Sul, que está em implementação, e Minas Gerais, que se encontra 100% operacional.

 

Cidades inteligentes

 

Outro foco da companhia é desenvolver tecnologias para Smart Cities. Com a liberação da faixa de 700Mhz para o uso de LTE (4G dedicado à Segurança Pública), a Motorola Solutions já disponibilizou no Brasil seus sistemas mais recentes, como a solução tática LXN 500 que permite abrir uma “bolha” de comunicação 4G dedicada em qualquer lugar. Fazem parte dos planos seguir com tecnologias de Inteligência Móvel como o dispositivo de mão, semelhante a um smartphone, o LEX L10 e a câmera Si500, verdadeira caixa preta que registra ações policiais.

 

Em outra frente, integrando comunicação de próxima geração, estão os softwares da empresa, como a plataforma CommandCentral, que une Analytics, Big Data e Inteligência Artificial no combate ao crime, previsão de catástrofes e investigações e análises pós incidente. “Estas soluções serão uma verdadeira revolução nos centros de comando e controle e ajudarão empresas privadas a melhorarem sua segurança e aperfeiçoarem suas linhas de produção”, diz Borgonovo, que ainda destaca que estas tecnologias de Segurança Pública Inteligente serão realidade em breve no Brasil.

 

“As soluções para comunicação de missão crítica estão em nosso DNA e estamos cada vez mais focados na oferta de serviços e soluções baseadas em software e LTE, não esquecendo do legado do rádio. Ao longo destes 90 anos, desenvolvemos e criamos comunicações como o rádio para viaturas, rádios de mão, dispositivos que trouxeram as palavras do homem na Lua, entre outros. Estamos operando no Brasil com grande otimismo e apostando cada vez mais no País”, conclui Elton Borgonovo.

 

>> Destaques