>> Destaque - Varejo

MOB mergulha na estratégia omnichannel

Marca de roupas femininas investiu meio milhão de reais para abrir o próprio e-commerce e tem expectativas de vendas superior quando comparado com o faturamento da melhor loja física já em 2018

Por: Léia Machado, ⌚ 08/06/2018 às 16h38 - Atualizado em 14/06/2018 às 14h23

O diferencial para uma empresa no mercado da Moda é captar as transformações e evoluções do mercado, além das necessidades do consumidor, decodificando e adaptando tudo isso de forma assertiva e veloz para o negócio. Isso requer uma cultura de criatividade com constante evolução, foco nos resultados e ambiente inovador.

 

São esses os diferenciais da MOB, a marca de roupa feminina, que fechou 2017 com um crescimento de 10% no varejo e 40% no atacado e aposta no omnichannel para fazer melhor esse ano. A marca conseguiu alcançar projeção nacional graças aos investimentos feitos na última campanha de inverno, além do lançamento do novo e-commerce, que agora passa a ser operado 100% pela MOB.

 

Para essa operação online, foram investidos meio milhão de reais, valor que engloba contratação de plataforma, investimento em tecnologia e softwares auxiliares, equipe e infraestrutura. “É fundamental estar representado no canal online, isso contribui de forma institucional para MOB. Através do site, o consumidor interage com a marca, o que amplia o nosso relacionamento com o consumidor final, principalmente em praças que ainda não temos lojas físicas”, pontua Walter Barbancho, diretor Comercial da MOB.

 

O comércio eletrônico da MOB já está em operação e conta com 100% do mix de peças vendidas no varejo. Segundo o diretor, a previsão de vendas já é superior quando comparado com o faturamento da melhor loja física já em 2018.

 

“Teremos a otimização dos estoques, ou seja, caso o consumidor não encontre a peça que deseja na loja física, e ela esteja disponível em nosso estoque, será possível enviá-la para casa do consumidor. Dessa forma, toda compra é realizada e finalizada na própria loja ou PDV’s Multimarcas”, explica Barbancho.

 

Tecnologia expressa

 

Nesse processo de multicanalidade, a MOB usa um parceiro tecnológico para cada serviço específico. Na operação ominichanel, o parceiro é a ÚNICO, que possui expertise de mercado e já realizam esse tipo de operação em outros varejistas do segmento.

 

Para o segundo semestre, continua o diretor, a ideia é ampliar os recursos do comércio eletrônico, pois é um canal que traz conhecimento e possibilidade de compra, além de contribuir para o entendimento da MOB como marca. “O estudo do perfil do consumidor, através desse canal, é decisivo para comunicação, planejamento e pesquisa não só de novas coleções, mas de negócio”, completa.

 

A MOB também planeja implementar o serviço entrega expressa, em que o consumidor realiza a compra até um determinado horário e recebe a mercadoria no mesmo dia. Esse novo serviço está em processo de análise e teste.

 

>> Destaques