>> Destaque - Finanças

Tecnologia a favor da digitalização e inclusão social

27ª edição do CIAB FEBRABAN destaca o empoderamento do setor bancário na era do digital e como isso impacta não só os investimentos em tecnologia, mas também no avanço da sociedade brasileira

Por: Léia Machado, ⌚ 06/06/2017 às 15h37 - Atualizado em 06/06/2017 às 15h41

A 27ª edição do CIAB FEBRABAN começa hoje, 06, em São Paulo, e destaca o processo de digitalização não só do setor financeiro, mas de toda a sociedade brasileira. Segundo Murilo Portugal, presidente da entidade, a indústria bancária vem prestando serviços para a população não só em termos de transações, mas em desenvolvimento social de forma em que a digitalização traga eficiência, comodidade e experiência para os cidadãos.

“O que há de mais sólido e promissor no País é o esforço que o setor bancário vem fazendo em todos esses anos em melhorar a economia e digitalizar as transações financeiras. A indústria bancária como um todo tem capacidade de ajudar o Brasil a superar os problemas políticos e econômicos e, ao mesmo tempo, buscar a inovação. Podemos promover liquidez e financiar o crescimento do País”, destaca.

Mauricio Minas, Vice-Presidente do Bradesco, enfatiza o quanto o setor bancário se insere no contexto de transformação digital da sociedade brasileira. “Todos nossos esforços na digitalização de clientes é uma causa nobre em qual os bancos vêm se dedicando. Para nós, a inclusão financeira passa pela inclusão digital e social. Isso demanda muito investimento em tecnologia, tanto para agilizar atendimento quanto para entregar mais experiência para o cliente”, acrescenta.

Parcerias público e privado

E esse contexto de inclusão social na era da digitalização fez com que a FEBRABAN, que comemora 50 anos de existência, contasse com a participação de outras entidades. Durante a abertura, o evento contou com a presença de autoridades políticas como o governador do estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, o Ministro da Ciência e Tecnologia Gilberto Kassab e o prefeito da capital paulista, João Dória. O objetivo é mostrar que todos estão caminhando juntos para levar à população nacional a mensagem de que já estamos na era digital.

“Temos orgulho em saber que podemos contar com a solidez das instituições financeiras nesse processo de modernização. Nossa ideia é trabalhar em parceria para o melhor desenvolvimento do Brasil”, pontua Kassab. O Ministro destacou que o País está avançando rapidamente na modernização como é o caso das urnas eletrônicas e o imposto de renda feito totalmente pela internet.

Dória enfatizou que a cidade de São Paulo está pautada na era digital, inclusive com diversos projetos de cidades inteligentes. “Em parceria com os bancos, FEBRABAN e com o governo estadual, implementamos o Detecta, um software inteligente da Microsoft, que tem como objetivo automatizar o sistema de câmeras de vigilância na capital. Com essa iniciativa, agências bancárias, estabelecimentos e toda a população poderá contar com sistemas de monitoramento mais seguros”, diz o prefeito.

“Vivemos uma verdadeira revolução e estamos diante de uma velocidade impressionante de modernização de toda sociedade. Por isso acreditamos na parceria entre os setores públicos e privados nesse processo de modernização”, acrescenta Alckmin. Murilo Portugal finaliza enfatizando que a aposta do setor bancário na tecnologia tem ajudado em todos esses processos e que os próximos anos serão de intensa transformação.

“O setor bancário está em fase de consolidação do digital. Nosso próximo passo é atender da melhor maneira a nova geração de brasileiros, entregando serviços e produtos que atendam suas demandas”, conclui.

 

>> Destaques