>> Destaque - Mercado

Bradesco, Eurofarma e Dotz são cases de destaque do Congresso Cloud & AI

Evento reuniu em São Paulo lideranças de inovação, nuvem e inteligência artificial para falar sobre a importância de uma plataforma multicloud em aplicações de machine learning e computação cognitiva

Por: Redação, ⌚ 13/11/2018 às 14h41 - Atualizado em 13/11/2018 às 14h48

A primeira edição do Congresso Cloud & AI reuniu ontem, 12, em São Paulo, um time de peso para falar sobre a convergência entre computação em nuvem e aplicações de inteligência artificial nos processos internos. Juntas, essas tecnologias têm o poder de elevar o nível de maturidade e inovação das empresas rumo à transformação digital, ou seja, um impacto extremamente positivo para tomadas de decisão e disrupção do negócio.

 

Lideranças de empresas como Bradesco, Zôdio, Eurofarma, Serasa, Dotz, Embratel, ESPM, Brasil Terminal Portuário, EY e Tribunal de Justiça de São Paulo subiram ao palco para compartilhar experiências e histórias de sucesso sobre a convergência dessas duas tecnologias.

 

“Em uma era na qual as tecnologias exponenciais liderarão a inovação, destacamos como a implementação dessa magnitude pode trazer benefícios para os funcionários e clientes”, destaca Marcelo Camara, gerente de Inovação do Bradesco.

 

Durante a abertura do evento, que contou com patrocínio da Check Point, o executivo falou sobre a BIA, a Inteligência Artificial do Bradesco, sucesso de usabilidade entre clientes que tem como objetivo melhorar o atendimento e aproximar pessoas e máquinas. “Não existe inteligência artificial sem nuvem pública”, completa Camara.

 

Alexandre Marquesi, professor do Núcleo de Varejo da ESPM, palestrou no evento e destacou como fazer vendas com uso de AI nos processos. “As forças tecnológicas como cloud, mobile, IoT e computação cognitiva, causaram uma disrupção inimaginável e pilotam a transformação velozmente”, pontua. Segundo Marquesi, essas forças estão criando novas experiências na jornada do cliente, resultando em novos ecossistemas de inovação e modelos de negócio.

 

Experiências na prática

 

Outro importante destaque do Congresso Cloud & AI é a discussão profunda que marcou a troca de experiência entre os executivos nos três painéis de debate. As discussões giraram em torno de modelos de inovação em cloud computing, inteligência artificial e machine learning na prática, além da importância da convergência entre essas tecnologias para elevar a maturidade do negócio.

 

 

Por fim, a Segurança Cibernética foi um tema extremamente importante e presente nos debates. Fabio Szescsik, Cyber Security Manager da EY, falou sobre inteligência artificial e o futuro de Segurança da Informação diante do avanço de cyber ataques. Para ele, a AI pode ajudar na cyber defesa e auditoria, “mas o que vai te diferenciar é a capacidade de resposta e aprendizado contínuo”, pontua.

 

Fabiano Arantes, Brasil Security Engineering da Check Point, e Magno Silva, Regional Expert, Threat Prevention LATAM também da Check Point, falaram sobre prevenção de ameaças em SaaS e proteção com visibilidade na jornada para a nuvem em ambientes multicloud.

 

O evento foi organizado pela editora Conteúdo Editorial e contou com o apoio da ASSESPRO-SP e Prefeitura de Barueri.

>> Destaques