>> Destaque - Finanças

Banco do Brasil disponibiliza transações bancárias via Messenger do Facebook

Serviço contará com a tecnologia de Inteligência Artificial Watson, da IBM, permitindo aos clientes checar extratos e ter informações sobre cartão de crédito

Por: Redação, ⌚ 22/02/2018 às 16h18 - Atualizado em 22/02/2018 às 16h36

O Banco do Brasil lançou hoje, 22, a possibilidade de realizar transações bancárias através do Messenger do Facebook. Com a tecnologia, os clientes não precisarão mais recorrer ao Internet Banking ou Mobile app, e usa a Inteligência Artificial do Watson, da IBM, para prestar atendimento via chatbot, com apoio da Visa.

 

“O passo de hoje é histórico, porque insere o Banco do Brasil no mesmo meio que seus clientes”, comemorou Gustavo do Vale, Vice-Presidente de Tecnologia do Banco, durante o lançamento do projeto-piloto, em São Paulo. Segundo o executivo, a instituição sempre se preocupou em disponibilizar serviços nos mais variados canais visando a conveniência e a experiência do usuário, pois a tecnologia insere o cliente a uma nova realidade de atendimento.

 

A partir de agora, mil clientes (os que davam feedbacks constantes nas outras plataformas) e um grupo de funcionários poderão consultar extratos da conta corrente e ter informações sobre o cartão de crédito como fatura, solicitações de 2ª via e liberação para uso do plástico pelo Messenger do Facebook. O uso será expandido gradualmente para os demais clientes conforme as possíveis falhas vão sendo corrigidas.

 

Gustavo Fosse, diretor de TI do Banco do Brasil

 

Futuro da experiência bancária

 

“É fato como a tecnologia e a inteligência cognitiva mudarão a vida das pessoas. No segmento bancário não será diferente”, disse Gustavo Fosse, diretor de TI do Banco do Brasil. Para ele, a solução é uma amostra do quanto o usuário terá conveniência ao usar serviços sem precisar ir ao ambiente do banco.

 

O atendimento será feito por meio de um assistente virtual já utilizado para tirar dúvidas de clientes com o uso do Watson. Com a possibilidade de realizar transações bancárias, a estratégia do banco para o futuro prevê o aprimoramento das respostas virtuais, a integração das interações com os sistemas de informação do BB e a capacidade de oferecer um atendimento completo e personalizado ao cliente.

 

O Watson da IBM foi adotado inicialmente no Banco do Brasil há pouco mais de um ano e, desde então, vem impulsionando as inovações tecnológicas dentro da organização. “Começamos com o assistente virtual, quando testamos a aplicação com nossos funcionários. Quando a curadoria estava mais madura, lançamos os primeiros chats em parceria com o Facebook. Foi quando pensamos: por que não fazer transações? Em três meses, desenvolvemos a solução, que hoje é disponibilizada para mil clientes e um grupo de funcionários do banco”, relembrou Fosse.

 

O assistente cognitivo já realizou mais de 500 mil interações e atendeu cerca de 60 mil clientes com informações sobre os mais diversos temas, como: atendimento, cartão, conta corrente, investimentos, linhas de crédito, soluções de dívidas, programa de relacionamento e câmbio. A interação via chatbot representa em torno de 70% dos atendimentos feitos pelo Banco na rede social.

 

Ana Paula Assis, gerente geral da IBM na América Latina, destacou como o uso do Watson vem evoluindo nos últimos anos e sua capacidade de permitir interações cada vez mais inteligentes. “Isso é uma grande oportunidade de criar uma experiência ao usuário de uma forma ainda mais eficiente”. Para André Sabioni, diretor comercial do Facebook, o serviço torna a marca mais próxima das pessoas ao entregar uma solução que tenha uma linguagem natural, que fala da mesma forma que seus usuários.

 

“Estamos vivendo a época da solução do cliente, não do produto. É importante ressaltar o quanto é preciso trabalhar de maneira colaborativa. O usuário espera isso. O que praticamos nesses últimos meses foi inovação aberta e quem ganha é o usuário”, finalizou Percival Jatobá, VP de Produtos da Visa Brasil.

 

>> Destaques